Descalvado, 16 de Novembro de 2018 Busca:   
Região

Corpo de pecuarista morto pela esposa em Santa Eudóxia será exumado nesta segunda-feira

05/08/2013

A partir das 9 horas desta segunda-feira (5), o delegado Maurício Antônio Dotta e Silva do 1º Distrito Policial, acompanhado de escrivães e investigadores, além de legistas, auxiliares de necropsia do Instituto Médico Legal (IML) e de peritos do Instituto de Criminalística (IC), devem realizar no cemitério municipal do sub-distrito de Santa Eudóxia a exumação do corpo do pecuarista José Lauriano Filho, 48, o “Zezão”, que foi morto pela madrugada do dia 27 de junho, com um tiro de espingarda calibre 12, disparado pela esposa Isabel Cristina de Oliveira Lauriano, 34, no interior de sua chácara no sub-distrito de Santa Eudóxia.

No dia em que Isabel, foi detida e acusada de ter atirado e provocado a morte do esposo, dois filhos do casal que seriam as duas únicas testemunhas do crime, alegaram em depoimento ao delegado Maurício Antônio Dotta e Siva, que o pai tinha um sono leve e afirmavam que José Laureano, não teria brigado com a esposa naquela madrugada. Os filhos do pecuarista dizem suspeitar que a mãe poderia ter colocado algo na água ou alimentação de “Zezão”, para que ele adormecesse antes de ser morto com um tiro da espingarda que acostumava deixar atrás da porta do quarto, pois já teria vários animais furtados.

Para ceifar todas as possibilidades de um crime premeditado, o que poderia mudar a situação da dona de casa, o delegado Maurício Dotta no mês de julho, representou junto a Justiça Criminal de São Carlos pela exumação do corpo do pecuarista. Na semana passada após analisar o caso a Justiça autorizou a exumação, que ocorre nesta segunda-feira, bem como aguardará as análises do material que será recolhido dos restos mortais que poderá ser encaminhado para análises profundas na capital paulista o Instituto Médico Legal deverá produzir um relatório específico que será juntado ao inquérito policial, o qual deverá ser relatado e encaminhado ao Ministério Público (MP) e Judiciário.

Durante seu indiciamento como autora intelectual do crime acompanhada de seu advogado a dona de casa Isabel Cristina Oliveira Laureano, 34, apresentou marcas pelo corpo e afirmou que sofria diversas agressões há 19 anos. Hoje ela está afastada dos filhos e de São Carlos. A dona de casa Isabel Cristina de Oliveira Lauriano, 34, aguarda em liberdade a conclusão das investigações.

São Carlos Agora


Voltar




 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados