Descalvado, 15 de Dezembro de 2018 Busca:   
Brasil e Mundo

Liminar assegura acesso dos candidatos ao espelho das redações no Enem 2013

15/08/2013

O Ministério Público Federal no Ceará (MPF/CE) obteve liminar que assegura aos candidatos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2013 o acesso ao espelho das provas de redação simultaneamente à divulgação do resultado do certame. O espelho é a reprodução online da prova corrigida.

O pedido de liminar havia sido apresentado em ação civil pública proposta pelo procurador da República Oscar Costa Filho contra o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que já anunciou a decisão de recorrer.

De acordo com o MPF/CE, apesar de tramitar na Justiça Federal no Ceará, a ação beneficiará candidatos de todas as regiões do país. É que, ao conceder a liminar, o juiz federal Bernardo Lima Vasconcelos Carneiro deu a ela eficácia nacional, com o intuito de assegurar a concorrência isonômica de todos os inscritos no exame. A decisão ainda pode ser revista em grau de recurso.

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, disse, quando o MPF ajuizou a ação, em julho, que há um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) na Justiça, no qual se baseia a defesa do Inep, que lhe tem conferido ganhos de causa. "Temos total segurança jurídica do procedimento. Já explicamos a escala gigantesca do Enem e a complexidade logística, de correção e sob o ponto de vista pedagógico. Além disso, aumentamos o rigor das correções", disse ele.

O TAC assinado entre o Ministério da Educação e o MPF estabelece que, a partir do Enem 2012, seria viabilizado o direito de vistas de provas de redação a todos os participantes, com fins pedagógicos, após a divulgação dos resultados.
Pelo edital divulgado em maio, que dispõe sobre as diretrizes, os procedimentos e os prazos de edição do Enem 2013, os participantes só poderão solicitar os espelhos das provas de redação após a divulgação do resultado, e exclusivamente para fins pedagógicos.

Segundo o MPF, no entanto, a Justiça Federal entende que, ao limitar o acesso aos espelhos das provas de redação a essas situações, o Inep dificulta o questionamento administrativo ou judicial das notas atribuídas às redações do Enem 2013.

O procurador Oscar Costa Filho diz que a decisão deve ser comemorada. "O problema do Enem é a falta de transparência. O exame é uma caixa-preta, estamos abrindo ela a duras penas. Essa decisão deve ser comemorada como como algo positivo para o próprio concurso". O Enem é alvo de processos judiciais todos os anos e uma das grandes reclamações dos candidatos é a correção das redações.

O Inep informou, por meio de nota em que anunciou a decisão de entrar com recurso, que os termos do edital estão apoiados no TAC assinado com o MPF. Além disso, alegou que a alta adesão ao exame neste ano "não permite, em termos logísticos e operacionais, a liberação de vistas da redação no momento da divulgação dos resultados". O instituto acrescenta que a correção da redação já prevê recurso de ofício, sendo avaliada por, pelo menos, dois corretores.

A discrepância entre as notas dos dois corretores independentes, para disparar o chamado recurso de ofício, foi reduzida em 2013 para 100 pontos - em 2012, era 200. Se houver diferença acima de 100 pontos, a redação é submetida ao crivo de um terceiro corretor. Caso permaneça a diferença, a redação fica a cargo de uma banca de três especialistas.

O Enem 2013 teve 7.173.574 inscritos. A prova será nos dias 26 e 27 de outubro. Para ajudar o estudante a se preparar para a prova, o Portal EBC desenvolveu uma página na internet que reúne todas as questões do Enem de 2009 a 2012. No sistema, é possível escolher em quais áreas do conhecimento se quer estudar. O banco de provas seleciona as questões de maneira aleatória.

Agência Brasil


Voltar




 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados