Descalvado, 20 de Novembro de 2018 Busca:   
Região

Com 1.357 casos, Araraquara vive surto de catapora e faz vacinação

03/10/2013

Número de doentes cresceu de 484 para 1.357, entre 2012 e 2013.
Entre os infectados, número de adultos cresceu e chega a 7% do total.


Os números de casos de catapora triplicaram em Araraquara (SP) neste ano e a cidade registra um surto da doença. De janeiro a setembro de 2013, foram registrados 1.357 casos, contra 484 no mesmo período do ano passado. Desde 2010 a cidade não tinha um surto da doença e para controlar a transmissão, a Secretaria de Saúde faz vacinação em massa nas creches.

Apesar do aumento dos casos, a médica da Vigilância Epidemiológica Estela Cattelani afirma que é comum enfrentar períodos de surto. “As pessoas já tiveram catapora e no outro ano diminui o número, então como a gente teve números menores nos anos anteriores, esse ano a gente tem números maiores”, explicou.

Adultos
Outro dado curioso é que o número de adultos infectados tem crescido. Neste ano, 7% dos doentes tinham mais de 15 anos. A estudante Mariana Gonzaga, de 20 anos, contraiu catapora recentemente e precisou ficar três semanas em repouso. Pelo corpo, ficaram as manchas da doença. “Tive febre muito alta, dor no corpo, e como deu febre interna os meus olhos lacrimejavam bastante”, disse a jovem, que reclama também das coceiras. “O corpo coçava muito por causa das bolhas”.

A estudante disse que não sabia que poderia pegar catapora depois de adulta. “Peguei de uma bebê de 8 meses e passei pro meu primo de 22 e ele passou para um colega dele de 40 anos”, comentou.

Segundo o médico Sanitarista Rodolpho Telarolli Júnior, a razão para a incidência de catapora em jovens e adultos é a aplicação da vacina gratuita restrita às crianças de até 3 anos. “Antigamente as pessoas podiam comprar essa vacina e parte da população com até 15 anos foi vacinada no sistema particular, e acima de 15 anos não existia vacina nenhuma, mesmo que a pessoa quisesse compra. Então a partir dos 15 anos ninguém esta imunizado, a não ser aqueles que já tiveram a doença, porque depois de ter a doença a imunidade é para o resto da vida”, comentou


Voltar




 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados