Descalvado, 19 de Novembro de 2018 Busca:   
Região

Sem Mundial de Balonismo, São Carlos deixa de faturar R$ 2 milhões

21/10/2013

Lojistas, restaurantes e hotéis já calculam o prejuízo, segundo o sindicato.
Competição que seria realizada em 2014 na cidade, ocorrerá em Rio Claro


Com o cancelamento do 21º Campeonato Mundial de Balonismo em São Carlos (SP), anunciado na sexta-feira (18), o comércio do município deixará de ganhar cerca de R$ 2 milhões, segundo o Sindicato dos Hotéis e Restaurantes. O presidente da Associação Comercial e Industrial, Alfredo Maffei Neto, disse que não calculou um valor do prejuízo, mas afirmou que o fim do evento trará perda financeira. Procurada, a Prefeitura de São Carlos informou que irá se pronunciar sobre a situação apenas na segunda-feira (21).

Ao menos quatro hotéis já estavam totalmente reservados por 15 dias para o evento que estava programado para ocorrer entre 20 a 27 de julho de 2014. “Agora temos que correr atrás de outros clientes, mas a cidade vai perder muito com isso”, afirmou Tiago Vlillani, presidente do sindicato.

A cidade de Rio Claro (SP) foi escolhida para sediar o evento. Neste sábado (19), representantes da Prefeitura e o presidente da Confederação Brasileira de Balonismo (CBB) decidiram que o município vizinho seria a melhor opção.

A cidade garante que está pronta para receber as mais de duas mil pessoas que o evento deve atrair. “Nós temos uma equipe da Secretaria de Turismo preparada para isso. Estamos trazendo também a Secretaria de Esportes e todas as secretarias que podem ser envolvidas. Todo o setor de hotelaria da cidade será utilizado. Nós temos também como abrigar em alojamento, aluguel de chácaras ou casas”, disse o secretário de finanças, Japyr Pimentel.

Cancelado
O presidente da CBB, Edson Romagnoli, afirmou na sexta-feira em entrevista por telefone à EPTV, afirmou que a cidade não cumpriu os acordos estabelecidos e tanto a confederação quanto a Federação Aeronáutica Internacional entendem que a cidade não tem condições de receber o evento.

“Nós tivemos uma boa recepção em São Carlos quando a prefeitura se instaurou em janeiro de 2013 mas, de lá para cá, para que o evento ocorresse, a gente precisaria cumprir uma série de exigências, tanto com a Confederação Brasileira de Balonismo, quanto a Federação Aeronáutica Internacional. Não conseguimos cumprir todos os contratos previstos. É uma série de documentos que viabilizam o evento. O próprio contrato não foi feito”, explicou.


Voltar




 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados