Descalvado, 16 de Novembro de 2018 Busca:   
Região

Garota se intoxicou antes de cair na represa do Broa, dizem bombeiros

23/12/2013

Menina de 8 anos desapareceu na tarde de sábado, em Itirapina (SP).
Bombeiros e Marinha encerraram segundo dia de buscas neste domingo.


O comando do Corpo de Bombeiros de São Carlos (SP) apresentou neste domingo (22) uma nova versão para o desaparecimento da menina de 8 anos na represa do Broa, em Itirapina (SP), no sábado (21). Segundo o comandante Rangel Moreira Gregório, a garota pode ter inalado monóxido de carbono enquanto brincava no barco da família, se intoxicado e desmaiado antes de cair na água.
Os bombeiros e a Marinha encerraram por volta das 20h o segundo dia de buscas e vão retomar os trabalhos às 8h desta segunda-feira (23).

Inicialmente, a Polícia Militar havia informado que a garota estava na lancha do pai e tentou passar para a embarcação de um tio, quando perdeu o equilíbrio e caiu na água. Entretanto, novas informações passadas por familiares indicam que a garota estava pendurada em uma embarcação enquanto brincava.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a inalação do monóxido de carbono, gás emitido com a queima de combustível do motor, pode ter feito a criança desmaiar e cair na água. Familiares informaram também que a menina não sabia nadar e estava sem colete salva-vidas.

Uma testemunha relatou aos bombeiros neste domingo que um parente pulou na rio para tentar evitar o afogamento, mas foi em vão. Um inquérito será aberto pela Marinha para apurar as circunstâncias do acidente.

Buscas
Uma equipe com três militares da Marinha foi enviada para ajudar nas buscas pela menina e dá apoio ao trabalho dos mergulhadores do Corpo de Bombeiros. Segundo o comandante Costa Lima, da Marinha, uma lancha também foi enviada para ajudar nos trabalhos e embarcações de particulares também estão sendo usadas.

Segundo o chefe da equipe de guarda-vidas do Broa, André Rato, o desaparecimento da menina ocorreu em uma área para prática de wakeboard, que tem um perímetro de aproximadamente 100 metros, e é nesse local que as buscas estão concentradas. De acordo com ele, a presença de lodo dificulta o trabalho. “Tem muito lodo no local onde a menina estava e isso atrapalha um pouco”, disse.

As buscas deste domingo foram encerradas por volta das 20h, quando não havia mais luminosidade natural, o que dificulta os trabalhos. As buscas serão retomadas a partir das 8h desta segunda-feira.

G1


Voltar




 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados