Descalvado, 19 de Novembro de 2018 Busca:   
Notas Policiais

Explosão em duto de amônia coloca em risco cerca de 200 funcionários de frigorífico

20/01/2014

Amônia é altamente corrosiva e pode levar a morte


Por volta das 08h30 da manhã desta segunda-feira, a explosão de um duto de amônia colocou em risco de vida cerca de 200 funcionários que trabalhavam no frigorífico Porto Aves, existente às margens da SP-215, em Porto Ferreira. De acordo com as informações dos funcionários, no momento do vazamento cerca de 200 pessoas trabalhavam no local.

Diversas ambulância da região foram acionadas para auxiliar no socorro as vítimas de intoxicação, e seis casos mais graves foram levados ao Pronto Socorro de Porto Ferreira. Ambulâncias do SAMU de São Carlos também estiveram prestando apoio. Todos os funcionários foram levados à portaria do frigorífico, onde unidades de resgate faziam exames toxicológicos neles, para verificar a exposição à amônia.

Ainda segundo funcionários, as condições de trabalho são precárias do que diz respeito a equipamentos de proteção, visto que nesse caso não havia ao menos uma máscara para proteção dos funcionários.

O prédio do frigorífico foi interditado e bombeiros, fazendo uso de cilindros de ar para respiração adentraram no local para apurara as reais condições da contaminação. Uma equipe da CETESB também esteve no local para apurar o dano ambiental.

Intoxicação por amônia
Embora a amônia seja um produto químico que ocorre naturalmente no ambiente, é possível experimentar a intoxicação por amônia, especialmente se uma pessoa for exposta a quantidades concentradas de amônia. Por exemplo, o amoníaco é encontrado em produtos tais como fertilizantes, sais de cheiro, produtos de limpeza, e no fabrico de corantes, plásticos, e tecidos. Os sintomas de intoxicação por amônia podem ser muito abrangentes e, se não tratados corretamente, há grandes riscos de morte.


Os pulmões são os principais órgãos afetados, assim como a garganta, boca, orelhas e olhos. Em alguns casos, o indivíduo envenenado pode ter mudanças em sua pulsação, bem como inquietação e inconsciência, nos casos mais graves. Também é comum a presença de sintomas como dor abdominal, vômitos e queimaduras químicas também.

Se inalado ou ingerido, a amônia intoxica e irá afetar o tórax e os pulmões. Uma pessoa pode sentir ardor e sensação de aperto forte no peito, levando a chiados e problemas respiratórios. A tosse insistente também ocorre quando as concentrações de amoníaco são inaladas ou ingeridas. Esta forma de envenenamento provoca graves danos para os pulmões, pois ataca o tecido pulmonar, impede a formação de muco protetor e destrói os cílios que revestem os pulmões.

A garganta, boca, nariz, orelhas e olhos são afetados pela intoxicação por amônia também. Muitas vezes, o indivíduo vai sentir ardor e lacrimejamento grave nos olhos. Se não tratada, a retina e a córnea podem ser danificadas, causando cegueira. Além disso, a pessoa pode sentir queimação e inchaço na boca, garganta e olhos. A principal causa da ardência é uma queimadura química causada pelo amoníaco.

Um sintoma de intoxicação por amônia inclui problemas no coração. Muitas pessoas sentem um desconforto, caracterizado por um aumento ou diminuição na pulsação. Este aumento súbito ou queda é muitas vezes grave e pode levar ao choque, em alguns casos.

Um dos sintomas mais visíveis de envenenamento por amoníaco é visto através da pele. Se a pele de uma pessoa entra em contato com a amônia, ela pode apresentar uma queimadura química. A queimadura aparece superficial num primeiro momento, mas desde conforme o produto entra nas camadas mais internas do tecido cutâneo, a amônia é capaz de promove uma queimadura profunda do tecido. Por isso, ao manusear o produto, é sempre aconselhável utilizar uma luva de proteção, conforme requer as normas de segurança do trabalho.


A assistência médica adequada e no tempo correto é essencial para tratar a intoxicação por amônia. Não há nenhuma forma específica de tratamento para o envenenamento, mas os sintomas podem ser aliviados com cuidado e de forma rápida e eficiente. Se o amoníaco não é lavado para fora da área afetada de imediato, pode revelar-se uma ameaça à vida dos indivíduos, seja no ambiente industrial ou residencial.


Voltar


Fotos - Explosão em duto de amônia coloca em risco cerca de 200 funcionários de frigorífico


 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados