Descalvado, 17 de Novembro de 2018 Busca:   
Câmara Municipal

Paula visita CLT do Jardim Albertina e o encontra abandonado e ocupado por cidadãos que alegam não ter onde morar

02/05/2014

Fernando do Nascimento, providências urgentes para o Centro de Lazer do Trabalhador - CLT do bairro Jardim Albertina, que encontra-se em pleno abandono, deixando de ser utilizado pela população daquela região.

Em visita ao complexo, no último dia 24, Paula encontrou muito mato, lixo e depredação da construção concluída em 2012, no entanto, o que mais surpreendeu a vereadora foi ter se deparado com seis pessoas presentes no local que confessaram que residiam ali, nos vestiários.

Problema social
Uma das “moradoras” do CLT disse que está ali há aproximadamente um ano e que tomou tal atitude depois de ter pedido a ajuda da Secretaria de Assistência Social, por não ter onde morar. Essa senhora, que alegou trabalhar de faxineira, nos permitiu entrar em sua “casa”, onde pudemos ver o banheiro, com suas três divisórias mobiliadas, no entanto, o prédio e encontra com muitas depredações: teto e luminárias queimadas por fogo, portas e paredes pichadas, vidraças, pia e azulejos quebrados.

No segundo vestiário havia apenas um colchão e muita sujeira, principalmente “bitucas” de cigarro. O terceiro estava trancado pelo “morador” que estava fora.

Abandono
O abandono da obra é notável. Apesar de ter toda a estrutura montada – quadra poliesportiva, vestiários, campo de futebol e arquibancadas – todas fadadas à depredação. Por todos os lados há sinal de que o local é frequentado por pessoas, mas não no sentido de lazer e sim vandalismo. Há várias garrafas de bebidas e “bitucas” de cigarro por toda a parte, além de estrume o que indica que bovinos costumam invadir o local.

Além disso, há destelhamento dos vestiários, entulhos e lixos domésticos (produzido pelos “invasores”), alambrados estourados, portões quebrados, o campo de futebol não existe mais e as traves estão enferrujadas, pois no local o mato já tomou conta e tudo terá de ser refeito.

Investimento
Segundo levantamento da vereadora, na referida obra foram gastos cerca de R$ 420 mil vindos do Governo Federal e mais R$ 129 mil de recursos próprios da Prefeitura Municipal de Descalvado, totalizando R$ 549 mil num primeiro momento. Em 2013, atendendo ao pedido da população, a Prefeitura fez a limpeza do local e houve mais gasto de dinheiro público. Mas a obra não chegou ao seu objetivo final: lazer e entretenimento e em pouco tempo todo o complexo voltou ao abandono.

Solução
A providência que a vereadora solicita ao Prefeito Municipal é colocar o CLT para funcionar como opção de lazer e entretenimento. Para isso, obviamente, haverá mais investimento financeiro para a reforma do local. Mas só reformar não basta, tem que colocar um guarda no local e funcionários que fiquem ali para administrar o local, oferecendo modalidades esportivas e de recreação a todos.

“Casa do Mel” e “Casa do Leite”
Na sessão dessa semana, no dia 28, a vereadora fez requerimento em Plenário pedindo à Prefeitura informações sobre a “Casa do Mel” e a “Casa do Leite”. Paula quer saber se as casas foram inauguradas e se estão em funcionamento. “Eu vi que na “Casa do Mel” tem uma placa de inauguração, porém, o local encontra-se fechado. Quero saber a respeito do SIM (Sistema de Inspeção Municipal) para o início das atividades do mel e do leite e saber quando o mel será incluído na merenda e se o novo governo já teve contato com as associações referentes a tais produtos na cidade”.


Voltar


Paula visita CLT do Jardim Albertina e o encontra abandonado e ocupado por cidadãos que alegam não t


 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados