Descalvado, 16 de Novembro de 2018 Busca:   
Região

5ª Parada LGBT de São Carlos acontece dia 16 de novembro

21/06/2014

A Parada do Orgulho LGBT surgiu nos Estados Unidos, em Nova York. Uma batida policial no bar Stonewall Inn em NY, um dos principais bares da década de 60 que servia de ponto de encontro entre gays e lésbicas, cujos frequentadores cansados de abusos e repreensões de autoridades locais, rebelaram-se em 1969. A prisão e o espancamento de várias pessoas levaram 2.000 manifestantes às ruas da cidade no dia 28 de junho daquele ano. Desde então, o “28 de junho” se tornou o dia oficial do orgulho gay.

A 1ª Parada do Orgulho LGBT de São Paulo aconteceu no dia 28 de Junho de 1997, sob o tema “Somos muitos, estamos em todas as profissões”, contando com 2 mil participantes. Hoje representa a maior manifestação do gênero no mundo, com um público com mais de 3,5 milhões de pessoas, um recorde que bate o da cidade de São Francisco, até então considerada capital gay do mundo com aproximadamente um milhão de participantes em suas paradas.

Parada do Orgulho LGBT em São Carlos – um pouco de história
Em São Carlos ss Paradas têm se caracterizado como um misto de irreverência, criatividade, cultura, cidadania e conquistas políticas. Nossa primeira Parada se deu em 2009, ano de criação da ONG Visibilidade LGBT, entidade que desde então organiza o evento em parceria com a Prefeitura Municipal de São Carlos. Em 2009, durante a 1ª Parada, foi sancionada pelo então Prefeito Oswaldo Barba a Lei que criou o Conselho Municipal LGBT, órgão composto por representantes do poder público e da sociedade civil com o intuito de fiscalizar e desenvolver políticas públicas de combate a homofobia, lesbofobia e transfobobia.

Em 2010 ocorreu a 2ª Parada, em conjunto com o Encontro Paulista LGBT, encontro do movimento social que teve como sede São Carlos. Durante a 3ª Parada, em 2011, o então Prefeito assinou o decreto de criação da Divisão de Políticas para Diversidade Sexual, órgão que atua dentro da Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social, com o intuito de desenvolver políticas públicas de inclusão, educação, saúde e cidadania para LGBTs.

Na 4ª Parada foi assinado o decreto que criou o Plano Municipal de Políticas para Diversidade Sexual, um conjunto de 15 ações transversais construídos a partir da Conferência Municipal LGBT. Além dessas normas, São Carlos também têm a lei que institui a Conferência Municipal e o dia 17 de Maio como Dia Municipal de Luta Contra a Homofobia.

Com públicos surpreendentes (20.000 na primeira e 50.000 na quarta) a Parada de nossa cidade vem provado que é possível conscientizar a população, dar visibilidade a nossa comunidade e conseguir conquistas políticas importantes. Essas conquistas fizeram com que nossa cidade tivesse destaque nacional na atuação nessa área.

Hoje, o Conselho Municipal da Diversidade Sexual, com apoio da Prefeitura Municipal através da Divisão de Políticas para a Diversidade Sexual e da ONG Visibilidade LGBT, marcou a 5ª Parada para o dia 16 de Novembro. Essa promete ser mais uma Parada politizada, que traga conquistas e visibilidade para a comunidade LGBT.

Alexandre Sanches é Presidente da ONG Visibilidade LGBT e membro do Conselho Municipal da Diversidade Sexual.




Voltar




 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados