Descalvado, 19 de Novembro de 2018 Busca:   
Região

10º Agronegócio Copercapa supera expectativas

03/07/2014

Apesar da atual conjuntura econômica, a feira registra excelentes negociações


Sertãozinho, julho de 2014 – A décima edição do Agronegócios Copercana, evento voltado, exclusivamente, para cooperados do sistema Copercana, Canaoeste e Sicoob Cocred, foi realizada de 25 a 27 de junho e recebeu mais de três mil visitantes de diversas regiões, que puderam conferir as novidades apresentadas pelos 67 expositores, como serviços, equipamentos, máquinas e tecnologias voltadas à produção de cana, como também para as culturas de amendoim, milho e soja. Além dos cooperados, marcaram presença no evento diretores do Sistema Copercana, Canaoeste e Sicoob Cocred, autoridades, como o prefeito de Sertãozinho, José Alberto Gimenez, o presidente da Câmara Municipal de Sertãozinho, Rogério Magrini dos Santos, o presidente do CEISE Br, Antonio Eduardo Tonielo Filho e os vereadores de Sertãozinho: Nilton César Teixeira; Leonardo Lima Dias Meira; João Samuel Sanchez; Sandro Aparecido da Silva e Vilmar Donizette Rodrigues da Silva.

De acordo com o presidente da Copercana e Sicoob Cocred, Antonio Eduardo Tonielo, o Agronegócios Copercana é uma vitrine de produtos à disposição dos cooperados. “Oferecemos excelentes oportunidades, com oferta de crédito e condições vantajosas de pagamento”, afirmou, lembrando que a feira acontece no segundo semestre do ano, porque é o período certo para os cooperados adquirirem os produtos para cuidarem de suas plantações. Na abertura oficial do evento, Tonielo afirmou ter muito orgulho de presidir por 42 anos a Copercana, uma cooperativa que busca alternativas para ajudar os produtores rurais. “Também é grande privilégio poder comemorar os dez anos de um evento de sucesso, como o Agronegócio Copercana, em sua própria casa”, disse ele, afirmando que o novo Centro de Eventos da Copercana tem como objetivo proporcionar mais conforto ao cooperado, parceiros e colaboradores, como também atender à demanda da região, que não tinha um local apropriado para a realização de grandes eventos. O Centro de Eventos Copercana tem 10.000 m2 de área e será inaugurado oficialmente em novembro próximo.

Pedro Esrael Bighetti, diretor da Copercana, destacou o esforço da cooperativa para promover o evento e oferecer as melhores condições de preços, prazo e juros aos cooperados, sempre priorizando o fortalecimento do setor sucroenergético. “A bandeira da Copercana é forte, e conseguimos levantar um grande crédito para esta feira”, disse na abertura oficial do evento. Bighetti também destacou o crescimento da cooperativa, que inaugurou recentemente mais duas lojas, em Paulo de Faria e Barretos. Além da compra de um terreno em Batatais e da aquisição de cinco lojas da Carol, sendo que dessas três devem começar a funcionar no sistema da cooperativa em breve.

Já o presidente da Canaoeste e também da Orplana, Manoel Ortolan, ressaltou a importância da feira, e lembrou que além de ser palco para apresentações de lançamentos, este ano, a décima edição do evento representa também uma inspiração para os atores da agroindústria canavieira. “Acredito que além de tecnologia e novidades, todos buscam aqui uma motivação por conta da situação que atravessa o setor sucroenergético”, afirmou ele, alegando que a crise tem um reflexo negativo na economia regional, como também na nacional. “Estamos atravessando o pior momento onde os preços estão baixos e os altos custos de produção nos levam a questionar a continuidade de nossas atividades, mas a vontade de trabalhar e desenvolver ainda mais o agro brasileiro sempre nos fala mais alto”, alegou Ortolan.

O presidente da Orplana argumentou também que é certo que a situação mude, e é necessário estar preparado para alavancar as atividades quando tempos melhorem chegarem. “Nossos canaviais têm que estar em bom estado, bem cuidados para produzirem uma matéria-prima de qualidade e voltarmos a ter uma renda melhor”, disse ele, lembrando que este é ano de eleições e que o novo governo não tem como manter “esta política econômica irresponsável, como esta que estamos vivendo no País, onde quem produz é penalizado” disse ele completando “As principais razões para o setor viver esta situação é esta política do governo em relação ao aumento do preço da gasolina e também à falta da CIDE (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico), que tirou a competitividade do etanol em relação a gasolina. Mas a retomada deve acontecer em breve e o setor voltará a crescer”, finalizou Ortolan.

O encerramento do Agronegócio Copercana aconteceu com discurso de Tonielo, que agradeceu a presença de todos, dizendo que a cada ano vem crescendo a participação das empresas e das visitações. O evento foi finalizado com chave de ouro, com coquetel, show do Grupo Nós e apresentação de grupos de viola patrocinado pela empresa Syngenta. A empresa também inovou levando para esta edição da feira, um drone que interagiu com o público durante os dias do evento, filmando os visitantes e exibindo as imagens em um telão.




Voltar




 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados