Descalvado, 13 de Dezembro de 2018 Busca:   
Brasil e Mundo

Uma semana depois, vaca segue pendurada em poste no RS

17/07/2014

Animal não deve ser removido pelo dono de terreno em São Borja.
Vaca ficou presa por conta da cheia do Rio Uruguai que atingiu a cidade.



Uma semana depois, a vaca que foi parar em cima de um poste após a cheia do Rio Uruguai, no interior de São Borja, na Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul, continua no mesmo lugar. Com dificuldade de chegar ao local, o proprietário do terreno onde se encontra o poste de 11 metros de altura diz que não tem como remover o animal.

"Ela vai acabar apodrecendo e caindo. Está muito molhado, com muito barro, e não tem como chegar lá com os caminhões de guincho", afirmou o agricultor Aldo Heck ao G1.

Os restos do animal estão sendo comidos por corvos, segundo o agricultor. Como é necessário passar pelo desponte da barragem para chegar ao poste, com caminhão guincho, e o local ainda contém muita água devido as fortes chuvas que atingiram a região na última semana, não há como remover a vaca.

"De trator é possível passar pelo barro, mas com caminhão não. A rede é particular, então é a gente que tem que reformar, pois estragou tudo. Os corvos vão acabar comendo a vaca até ela apodrecer e cair", justificou Heck.

Como a rede de energia elétrica da propriedade é particular, a concessionária responsável pelo abastecimento da região informou que a responsabilidade sobre a remoção do animal do poste era do proprietário do terreno. O Corpo de Bombeiros e a prefeitura também informaram que não poderiam retirar o corpo do animal do local.

G1



Voltar




 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados