Descalvado, 19 de Dezembro de 2018 Busca:   
Brasil e Mundo

Pesquisa aponta crescimento das taxas de juros nas operações de crédito em julho

12/08/2014

As taxas de juros das operações de crédito voltaram a crescer em julho, apontou pesquisa da Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac). Segundo a sondagem, essa foi a 14ª elevação seguida das taxas de juros das operações de crédito.

Das seis linhas de crédito para pessoa física, três tiveram suas taxas elevadas em julho: juros do comércio, CDC-financiamento de automóveis e cheque especial. Duas delas tiveram suas taxas mantidas (cartão de crédito rotativo e empréstimo pessoal-bancos) e uma apresentou queda (empréstimo pessoal-financeiras). Em julho, a taxa média de juros para pessoa física atingiu 6,05%, a maior desde julho de 2012.

Para pessoa jurídica, das três linhas de crédito pesquisadas, uma apresentou queda (conta garantida) e duas apresentaram elevação (desconto de duplicatas e capital de giro). A taxa média de juros para pessoa jurídica alcançou 3,45% em julho, a maior taxa de juros desde julho de 2012.

As elevações, de acordo com a associação, podem ser atribuídas “à piora do cenário econômico nacional, com expectativa de piora nos índices de inflação e de crescimento econômico, o que aumenta o risco de crédito”. De acordo com Miguel Ribeiro de Oliveira, diretor executivo de Pesquisa e Estudos Econômicos, esses fatos têm levado as instituições financeiras a subirem suas taxas de juros acima das elevações da taxa básica de juros, a Selic.



Voltar




 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados