Descalvado, 16 de Novembro de 2018 Busca:   
Região

Delegado investiga se policial preso integra quadrilha de roubo de cargas

30/10/2014

PM e 2 homens são suspeitos de roubar comércio em Araraquara, SP.
Policial teria confessado que intenção inicial era roubar um caminhão.



A Polícia Civil de Araraquara (SP) investiga se um policial militar preso nesta quarta-feira (29) faz parte de uma quadrilha especializada em roubo de cargas. Ele e outros dois homens foram detidos após um asssalto a um pedágio clandestino, em uma estrada de terra no bairro de Furnas, segundo a polícia. O PM, que ficou ferido durante uma troca de tiros na fuga, teria confessado que a intenção inicial era roubar a carga de um caminhão.

O roubo foi ao lado da Rodovia Washington Luís (SP-310). O alvo foi um comércio de refrigerantes que, segundo a polícia, seria um pedágio clandestino. Os caminhoneiros compram e passam para desviar do pedágio da rodovia. “Extraoficialmente ele confessou a prática do crime. A carga de um caminhão é que seria o objeto de roubo e isso não se deu no momento. Por isso, eles se valeram da oportunidade para praticar esse roubo contra o pedágio”, afirmou o delegado Marco Aurélio Gomes Barboza.

O crime
A ação começou por volta da meia noite. Os suspeitos levaram bebidas, salgados, cigarros e uma televisão. Após ser acionada, a polícia identificou o carro em que os suspeitos estavam e houve perseguição pela cidade. "Foi estabelecido bloqueio e o condutor do veículo direcionou o carro contra a PM, que disparou nos pneus do veículo. Ao perder o controle, o carro parou às margens da rodovia. Ainda tentando fugir, um suspeito desceu com uma arma na mão e foi atingido no antebraço”, informou o capitão da PM, Fernando Porto. O policial foi atendido sob escolta policial em uma Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) e preso em seguida.

Promovido recentemente
Ao fazer a detenção, os policiais descobriram que o ferido era o policial militar Valmir Lourenço, que trabalha há 24 anos no efetivo do município. Recentemente, ele foi promovido a cabo. O advogado dele não foi encontrado para comentar o assunto.

Segundo o captião, o policial vai responder por roubo e associação criminosa, o que pode gerar a expulsão ou demissão da corporação. O cabo foi encaminhado para o Presídio Militar Romão Gomes, em São Paulo.
Dentro do carro utilizado pelos suspeitos foram encontrados um rádio comunicador na frequência da PM, uma pistola ponto 40, que está registrada no 13º Batalhão da Polícia Militar em Araraquara, entre outros itens. Um dos suspeitos é dono de uma mercearia.


G1



Voltar




 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados