Descalvado, 19 de Novembro de 2018 Busca:   
Região

SSP oferece R$ 30 mil por informação de quadrilha que matou PM em Aguaí

01/11/2014

Essa é a maior recompensa oferecida desde o início de programa em maio.
Policial de 45 anos foi morto após ataque a carros-fortes na quinta-feira (30).



Uma recompensa de R$ 30 mil está sendo oferecida pela Secretaria da Segurança Pública (SSP) para quem ajudar com informações que levem à identificação e prisão da quadrilha que matou o cabo da Polícia Militar Alaor Branco Júnior, quinta-feira (30), durante um ataque a dois carros-fortes na Rodovia Doutor Adhemar Pereira de Barros (SP-340), em Aguaí. Essa é a maior recompensa já oferecida pelo "Programa de Recompensa", lançado em maio. As denúncias devem ser feitas apenas pelo site do WebDenúncia.

O denunciante que der informações que contribuam no esclarecimento do crime, ajudando na identificação e localização do autor, vai receber o dinheiro. As informações são repassadas aos policiais civis e militares que atuam no WebDenúncia e encaminhadas para as equipes responsáveis pelas investigações. A portaria sobre o assunto será publicada no Diário Oficial do Estado na terça-feira (4), mas a medida já é válida a partir desta sexta-feira (31).

Denúncia
O interessado precisa acessar o WebDenúncia e seguir as instruções. Não há necessidade de realizar cadastro ou identificação pessoal. Ao final do processo, a pessoa recebe um protocolo e uma senha para acompanhar o andamento da denúncia. No site há o procedimento para o resgate do valor.

Homenagens
Policiais militares, rodoviários e bombeiros de 17 cidades do Estado de São Paulo prestaram uma homenagem ao cabo da PM nesta sexta. Cerca de 400 pessoas se reuniram na Câmara Municipal para a despedida. O enterro contou com a presença do governador Geraldo Alckmin (PSDB), o subcomandante geral da Policia Militar em São Paulo, Leonidas Pantaleão de Santana, além de amigos e parentes de outros policiais mortos no estado.

Na base da PM em São Carlos os soldados bateram continência em respeito ao colega morto. As sirenes das viaturas também foram ligadas pelo Corpo de Bombeiros. Os polícias de Porto Ferreira também prestaram uma homenagem, assim como em Pirassununga.

Em Ribeirão Preto, os PMs fizeram uma fileira de viaturas na Avenida Presidente Vargas, no cruzamento com a Avenida Nove de Julho. O trânsito ficou parcialmente interditado. Durante um minuto, as sirenes ficaram ligadas e os policiais prestaram continência.

Enterro
Um caminhão dos bombeiros levou o corpo do cabo para o cemitério municipal. Na frente do veículo foram seus dois filhos um de 13 anos e outro de 17. Durante um minuto as viaturas ficaram com as sirenes ligadas.

O governador chegou a Aguaí no inicio da manhã para cumprimentar a família e falou sobre as mortes de policiais no estado. “Nossas fronteiras desprotegidas e assim chegando aqui fuzis, metralhadoras, um armamento extremamente pesado. Toda policia está empenhada para pegar esses criminosos”, afirmou.


G1



Voltar




 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados