Descalvado, 15 de Novembro de 2018 Busca:   
Região

70% das drogas que chegam à São Paulo passam por rodovias da região

07/11/2014

Região de Araraquara, SP, faz parte da chamada "Rota Caipira" de tráfico.
Agentes da Polícia Federal afirmam que fiscalização nas estradas aumentou.



Um levantamento da Polícia Federal aponta que 70% das drogas que chegam à São Paulo passam por rodovias na região de Araraquara (SP). A chamada "Rota Caipira" é usada de forma estratégica por criminosos, que trazem as drogas de países como a Bolívia, Paraguai e Peru. Em 2014, até o momento, 1,1 tonelada de entorpecentes foi incinerada. Os agentes afirmam que a fiscalização nas estradas foi reforçada para combater o problema.

De acordo com o delegado da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise), Edmundo Ferreira Gomes, a droga percorre uma longa etapa para alcançar o ponto final de varejo. "O processo envolve traficantes intermediários maiores, que são aqueles que guardam, preparam e distribuem a droga. Essas mesmas pessoas recebem a droga bruta para misturar e distribuir nesses pontos menores", relatou.

Segundo o delegado da Polícia Federal, Alexandre Custódio Neto, as rodovias da região, principalmente a Washington Luís (SP-310), servem como principal ponto de transporte, também por conta do acesso às rodovias Anhanguera (SP-330) e Bandeirantes.

O trabalho dos agentes da Polícia é o de desarticular essas quadrilhas. "Temos um foco na descapitalização e apreensão de bens trabalhando, inclusive, em cima da lavagem de dnheiro. Confiscar bens que estão em nomes de terceiros e fechar empresas financiadas pelo dinheiro do tráfico fazem parte de nossa linha de atuação", afirmou Custódio Neto.

Outros métodos
Além das rodovias, as drogas também são transportadas por aviões. A presença de canaviais facilita o pouso improvisado de aviões de pequeno porte que transportam essas substâncias. Em 2013, um avião foi apreendido em um canavial em Bocaina (SP). No local foi encontrado um carro de Campinas (SP) com marcas de tiro no pára-brisa, que pertencia aos traficantes. Dentro do veículo havia um fuzil calibre ponto 50, de uso restrito do exército, munição e dois coletes à prova de balas. Os criminosos esperavam o avião, mas fugiram do local já que a aeronave, que estaria carregando cocaína, pegou fogo.

De acordo com Custódio Neto, as aeronaves são de uso prático. "São aviões pequenos. Os pilotos conseguem pousar em pistas curtas, que muitas vezes nem são pistas de pouso. São estradas de terra batida onde, se houver condição de terreno plano, consegue-se fazer tanto o pouso quanto a decolagem", explicou.

Operação Escorpião
Entre abril e maio de 2014, a Polícia Federal fez uma operação contra o tráfico internacional de drogas e apreendeu carros de luxo, cocaína e pacotes de maconha. 34 pessoas foram presas. Elas agiam na região de Araraquara e outros quatro estados.

A operação teve a participação de 200 policiais e cumpriu mandados em São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Paraná.


G1



Voltar




 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados