Descalvado, 16 de Novembro de 2018 Busca:   
Região

Com crise financeira, prefeituras da região atrasam salários de servidores

14/01/2015

Em Itirapina, SP, salários foram depositados apenas nesta terça (13).
Em Américo, administração atrasou o 13º e as férias de mais de mil.



Em crise financeira, as Prefeituras de três cidades da região estão com dificuldades para pagar seus funcionários em dia. Em Itirapina, o sindicato entrou com uma ação no Ministério Público contra a administração pelos atrasos. A Prefeitura alega que já resolveu a questão. Araraquara teve problemas para pagar os comissionados, mas regularizou a situação nesta terça. Já Américo Brasiliense, apesar da denúncia do sindicato, a Prefeitura afirmou que não houve atraso.

Em Itirapina, a servidora Elizabete de Oliveira já se prepara para arcar com juros devido ao atraso nas contas. "Nós estamos sendo prejudicados e não podem descumprir a lei. Nós trabalhamos e queremos receber. Estamos com as contas toda em atraso, inclusive rematrícula da escola das crianças, água, luz, IPTU, IPVA e vamos ter que pagar juros por causa desse atraso no pagamento", desabafou.

Ela e o marido, que também é funcionário público, não receberam o salário na data prevista e, por isso, usaram as economias para pagar débitos, mas muitos continuam pendentes. Eles pediram ajuda para o Sindicato dos Servidores de Itirapina e, nesta terça-feira (13), os pagamentos caíram na conta.

"Nós vamos pedir que a Justiça venha fazer a fiscalização desse atraso, coloque, cobre o que for devido, nós não queremos nada indevido", afirmou Claudete de Oliveira, presidente do sindicato, que entrou com uma ação no Ministério Público contra a Prefeitura.

O prefeito de Itirapina, José Maria Cândido, disse que essa é a primeira vez em dois anos que houve atraso no pagamento dos servidores. Ele disse que um dos motivos foi a rescisão dos professores temporários e que a situação já foi resolvida.

Araraquara e Américo
Em Araraquara, os funcionários comissionados, que têm cargo de confiança, ainda não receberam pelos dias trabalhados em dezembro. Para Marcelo dos Santos Roldan, diretor do Sindicato dos Servidores Municipais de Araraquara e Região, o atraso é reflexo da crise financeira na cidade e da escolha da Prefeitura de priorizar os empregados concursados, que, caso não recebessem, se mobilizariam rapidamente.

A Prefeitura de Araraquara informou que o pagamento dos comissionados foi feito nesta terça-feira (13) e que o atraso foi por causa de dificuldades financeiras.

Já em Américo, a Prefeitura atrasou o 13º salário e as férias de mais de mil trabalhadores. O Sindicato dos Servidores Municipais de Araraquara e Região também acionou o Ministério Público. "Foi encaminhada a denúncia ao Ministério do Trabalho, que está realizando a fiscalização, não só do atraso do 13º como a não atualização das carteiras de trabalho", afirmou Roldan.

De acordo com o diretor, caso a Prefeitura de Américo não pague o 13º, poderá ter de arcar com uma multa de R$ 170 por funcionário. "Vai dar mais uma chacoalhada na Prefeitura, que já está ruim de dinheiro. Vai piorar". A administração de Américo Brasiliense negou qualquer atraso no pagamento dos servidores e que tudo foi devidamente quitado. Sobre a denúncia ao Ministério do Trabalho, a Prefeitura informou que não foi notificada e que apresentará os esclarecimentos assim que isso acontecer.

G1



Voltar




 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados