Descalvado, 17 de Novembro de 2018 Busca:   
Região

São Carlos adquire aparelho mais preciso no tratamento contra o câncer

05/02/2015

Máquina de radioterapia consegue localizar o tumor com mais eficácia.
Nº de pacientes atendidos na Santa Casa subiu de 60 para 80 por dia.



O avanço no tratamento contra o câncer no interior do Estado de São Paulo é crescente. São Carlos (SP) é a primeira cidade a ter uma máquina de radioterapia que consegue localizar o tumor com mais precisão. O tratamento é disponibilizado pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e, com isso, o número de pacientes atendidos na Santa Casa do município subiu de 60 para 80 por dia.

A máquina teve valor de U$ 2,5 milhões, custeados por doações e arrecadação pelos serviços médicos prestados a pacientes do SUS e de convênios. Outra parcela do dinheiro veio do Centro de Radioterapia. Moradores de outras cidades que desejarem se tratar com o novo aparelho devem pedir encaminhamento ao médico que acompanha o caso.

“A gente sabe que há uma deficiência no país de 240 a 250 máquinas de radioterapia. As filas estão enormes e muitos pacientes aguardando o tratamento. Com isso, a gente consegue atender melhor e um maior número de pessoas não só da cidade, mas de todo o estado”, disse o radioncologista Flávio Guimarães.

Imagens são captadas enquanto a máquina gira em volta do paciente. Assim, é possível encontrar o local exato do tumor e a radiação é feita sem atingir as áreas saudáveis do corpo. Com a máquina, o procedimento é feito mais rapidamente causando menos efeitos colaterais no paciente. A sessão, que antes durava cerca de 25 minutos, agora não passa de 13 minutos.

Essa nova forma não é tão invasiva e aumenta a qualidade de vida. “Um pouquinho só de sonolência, mas também é coisa rápida e a gente vai levando uma vida normal”, comentou a aposentada Clélia Thereza Otaviano Pereira.

Facilidade
Antes, muitos pacientes tinham que ir até São Paulo para ter acesso a esse tratamento. Era o que fazia a professora Maria Beatriz Ambrosio. Ela mora em Sertãozinho (SP) e viajava mais de 300 quilômetros para se tratar na capital. “Melhora a qualidade, além de ter todos os recursos que eu encontraria apenas em São Paulo”, relatou.

Facilidade também para o agropecuarista José Janine. Ele é de Araraquara e está tratando um câncer no pulmão. Quando descobriu a doença, se sentiu mais tranquilo em saber que poderia fazer a radioterapia na região. “Só a palavra já assusta qualquer paciente, agora imagina você se encontra em uma dificuldade, a longa distancia para se tratar? Então isso foi muito bom para nós”, disse.





Voltar




 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados