Descalvado, 18 de Novembro de 2018 Busca:   
Região

Multas por excesso de velocidade aumentam 92% na estradas da região

08/02/2015

Imprudência, frota maior e mais radares justificam aumento, afirma DER.
Anhanguera, W. Luís e Adhemar de Barros tiveram 97,2 mil multas a mais.



As multas por excesso de velocidade aumentaram 92% em três estradas da região no ano passado em relação a 2013, segundo um levantamento do Departamento de Estradas de Rodagem (DER). Para tentar diminuir os abusos, a fiscalização da Polícia Rodoviária está mais rigorosa nas Rodovias Washington Luís (SP-310), Anhanguera (SP-330) e na Doutor Adhemar Pereira de Barros (SP-340). Juntas, as rodovias tiveram 97.207 multas a mais.

Além do desrespeito dos motoristas, o DER aponta que a alta pode ser justificada pelo aumento da frota no estado de São Paulo, que teve um acréscimo de 1,2 milhão de veículos em apenas um ano. Ao mesmo tempo, a fiscalização também aumentou. Em 2014, foram instalados 144 radares em todo o estado, somando 357.

Mais multas
Na Washington Luís, entre Santa Gertrudes e Matão, o DER registrou 91.150 multas por excesso de velocidade em 2013. Já no ano passado, o número saltou para 130.777, tendo um aumento de 43%.

Já na Anhanguera, entre Araras e Santa Rita do Passa Quatro, o número de multas pela infração foi de 13.475. Já em 2014 foram 69.369 autuações, com aumento de 414%, o maior da região.

Na Doutor Adhemar Pereira de Barros, entre Aguaí e Casa Branca, no referido período o número saltou de 1.138 para 2.824, alta de 148%.

O empresário Sidnei Trápani, conta que já abusou da velocidade em rodovia. "Uma vez a placa indicava 110, mas passei a 123 quilômetros. Eu esqueci um pouco o pé e nem vi que estava nessa velocidade", confessou.

Já o motorista Valdenilson Cândido de Oliveira, foi autuado no ano passado também por correr demais. "Era permitido 80 e eu estava a 90 quilômetros. O motivo era a pressa de chegar pra entregar a carga”, revelou.

Fiscalização
Para tentar dimunir os abusos, o policiamento rodoviário faz diversas operações de prevenção ao excesso de velocidade, utilizando ainda os radares móveis. Para o motorista Eduardo José Lopes, a fiscalização é necessária. “O trânsito mata muito, então mais fiscalização com mais radares é melhor”, concluiu.

Em 2013, no Estado de São Paulo foram aplicadas mais de 2 milhões de multas, já em 2014 este número saltou para mais de 3 milhões, aumento de mais de 60%. "Tudo isso é a imprudência que acontece por parte do motoristas. É necessário se atentar à velocidade regulamentada para via e, nos casos de viagens longas, tem que se programar para não cair em atrasos e pressas”, alertou o capitão Marcelo Estevão de Oliveira, da Polícia Rodoviária.

O motorista que excede a velocidade permitida acima de 20%, paga multa de R$ 127 e perde cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Já para quem ultrapassa os 50 % do limite da via, a infração é considerada gravíssima e o valor varia de R$ 191 a R$ 957, além da perda de sete pontos na carteira.


G1



Voltar




 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados