Descalvado, 19 de Novembro de 2018 Busca:   
Região

Onda de assaltos assusta moradores de três bairros de Porto Ferreira

22/04/2015

Situação preocupa população no Jardim Recreio, Vila Real e Porto Belo.
Aumentam queixas sobre falta de segurança. PM informou que faz rondas.



Moradores de Porto Ferreira (SP) estão preocupados com os constantes assaltos em bairros como Jardim Recreio, Vila Real e Porto Belo. Eles dizem que já procuraram a Polícia Militar, mas a situação não mudou. A PM informou que realiza rondas nas regiões.

No comércio o cenário não é diferente. O número de ocorrências cresceu 113% em janeiro e fevereiro deste ano em relação ao mesmo período do ano passado, segundo dados da Secretaria de Segurança Pública (SSP). A situação preocupa os comerciantes que decidiram fazer um abaixo-assinado cobrando uma base da Guarda Municipal 24 horas na Praça do Centro.

Na entrada dos três bairros, o pedido por mais segurança está bem na entrada. A faixa foi colocada por moradores vítimas de arrombamentos. Em uma das casas, os donos investiram R$ 4 mil para tentar se proteger. Instalaram cerca elétrica, alarme e grades nas janelas depois que assaltantes levaram tudo o que eles tinham, há um mês.

“Cheguei do serviço e a janela estava estourada. Liguei para o meu marido, ele chegou, entramos na casa e demos falta de sapatos, perfumes importados, maquiagem, TV”, disse a moradora que não quis se identificar.

Mais vizinhos foram vítimas dos criminosos que muitas vezes agem armados. “Já teve vizinho que levou tiro. A gente fica com essa insegurança”, relatou outro morador que também preferiu o anonimato.

Indignado, um casal fez um abaixo-assinado que já teve adesão de 65 vizinhos. “Esperamos da Prefeitura, da Polícia Militar, da Guarda Municipal que olhem um pouco mais para a gente”, afirmou um dos moradores.

Prejuízo
Uma moradora que vive há apenas três meses no Jardim Recreio já teve um prejuízo de R$ 16 mil após a casa ser invadida. “Entrei e notei todos os cômodos revirados, levaram tudo, não vi mais móveis, eletrodomésticos. Fui procurar por onde tinham entrado e aí identifiquei o arrombamento do portão e das portas”, relatou.

Um ceramista também relatou que hoje vive de aluguel no Centro da cidade, pois está com medo de morar no bairro. Ela contou que soube de vários casos e que chegou a ser ameaçada por usuários de drogas. Segundo ela, os criminosos disseram que, caso ela se mudasse, seria assaltada.

Com medo, a população disse que já entraram em contato com todas as autoridades, mas nada foi feito. “Fui até a PM, mas o capitão não estava, ninguém podia me atender, não tinha horário marcado. Na Prefeitura, não consegui nem ser atendida. Eu espero que todas as autoridades da cidade que tentem olhar um pouco para nós e que consigam tentar pelo menos trazer um pouco de paz”, declarou uma moradora.

Apreensão
A PM informou que, além das rondas, nos dois primeiros meses do ano 25 pessoas foram presas ou apreendidas na região. O trabalho resultou também na apreensão de três armas, 26 quilos de drogas retiradas das ruas e 12 veículos roubados recuperados.

A polícia reforçou ainda que os moradores podem fazer denúncias pelo telefone 181 ou pelo site da PM.

A reportagem tentou contato com a Prefeitura, mas devido ao feriado, ninguém foi encontrado para comentar o caso.


G1



Voltar




 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados