Descalvado, 22 de Novembro de 2018 Busca:   
Notas Policiais

Polícia vai apurar morte de menina atingida por tanque de lavar roupas

07/05/2015

Yani Emanuely de Souza, de 2 anos, não resistiu a uma parada cardíaca.
Mãe reclama do atendimento em hospitais de Descalvado e São Carlos.



A Polícia Civil de Descalvado SP abriu um inquérito para apurar a morte de uma menina de 2 anos. Yani Emanuely dos Santos de Souza morreu depois de ser atingida por um tanque de lavar roupas na quarta-feira 29, na zona rural da cidade. A mãe da criança, Nivalda Cardoso dos Santos, reclama do atendimento nos hospitais pelos quais a filha passou.

O delegado responsável pelo caso, João Alaor Garcia, informou que irá ouvir os responsáveis pelos hospitais, a família e outras testemunhas para verificar se houve negligência dos médicos. O boletim de ocorrência foi registrado como morte suspeita e, na declaração de óbito, a causa da morte teria sido traumatismo craniano.
Vizinha da família, Alzira Almeida contou que o tanque era de cimento e foi trocado por um de plástico após o acidente. Segundo ela, a mãe da criança tomava café com uma amiga e, quando as duas se levantaram para lavar a louça, a criança correu para perto do tanque, que tombou. “Tiraram o tanque de cima dela, pegaram o carro e levaram ela na hora para o hospital”, disse.

A criança foi levada para o pronto-socorro da Santa Casa de Descalvado. Foi realizado um exame de raio-X da cabeça e, em seguida, a menina foi encaminhada para a pediatria do hospital, mas, segundo a mãe, nenhum médico examinou a garota e foi ela que percebeu uma mancha na barriga da filha.

“Comecei a olhar dedo, orelha para ver se não tinha sangrado e, quando cheguei na barriga, tinha uma marquinha muito pequena. Quando coloquei a mão em cima, ela colocou a mão dela sobre a minha e disse que estava doendo”, contou Nivalda.

De acordo com a mãe, após a descoberta, a menina teve que esperar duas horas na ambulância pela transferência para São Carlos, até o pai apresentar todos os documentos necessários. Ela foi levada para a cidade vizinha às 20h e precisou esperar mais duas horas por atendimento. Foi submetida a uma cirurgia, mas não resistiu.

Atendimento
O médico que estava de plantão em Descalvado disse que a criança chegou com uma lesão aparente apenas no rosto. Segundo ele, ela ficou em observação e, durante a internação na pediatria, apareceu uma mancha roxa no abdômen e a menina começou a reclamar de dor. Como o hospital não tem especialista nem equipamentos para exames, Yani foi transferida para São Carlos.

A Santa Casa de São Carlos, por sua vez, informou ao Jornal da EPTV que a criança foi atendida pela equipe de plantão do pronto-socorro e passou por uma tomografia. Por causa da urgência do caso, ela foi para a cirurgia, mas depois do procedimento, já na Unidade de Terapia Intensiva UTI, não resistiu a uma parada cardíaca.

Cuidados
O pediatra Normando Lima explicou que, em acidentes como esse, normalmente o peito e a barriga são atingidos e muitas vezes os sintomas não aparecem na hora. “Tem que ser feito ultrassom da barriga, raio-x de tórax porque o pulmão pode ser lesado ou mesmo o coração. E tem que ser visto por um cirurgião para que avalie se necessita de imediato fazer uma cirurgia exploradora”, disse.

Ele também reforçou que o único jeito de evitar acidentes como o de Yani é chumbando o tanque. “O maior número de acidentes com crianças acontece dentro de casa. Fixe, chumbe o tanque para que ele não possa rodar”, alertou.


G1



Voltar




 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados