Descalvado, 17 de Novembro de 2018 Busca:   
Região

Grupo preso ganharia R$ 8 mil para esconder 400 kg de maconha em casa

22/09/2015

Droga estava dentro de dois freezers enterrados no quintal no Selmi Dei.
Quatro pessoas foram presas pela DIG de Araraquara [SP] nesta 2ª feira.



Dois homens e duas mulheres foram presos em Araraquara [SP] nesta segunda-feira [21] após a Delegacia de Investigações Gerais [DIG] encontrar 400 quilos de maconha dentro de dois freezers enterrados no quintal de uma casa no bairro Selmi Dei. Segundo o delegado Elton Negrini, os moradores afirmaram que receberiam R$ 8 mil para esconder a droga no local.

Mesmo desligados, os refrigeradores garantiam a qualidade dos tijolos de maconha. Em cima das tampas das máquinas, havia pedaços de madeira para disfarçar o que era escondido embaixo. “Eles agiram de uma forma bem pensada, o que dificultou o nosso trabalho, mas hoje conseguimos a prisão e a apreensão dessa grande quantidade”, disse Negrini.

Foram dois meses de investigação. Na hora da apreensão, ninguém estava na casa. A polícia prendeu os suspeitos em outros bairros. Todos foram levados para a DIG. Ao menos dois dos suspeitos moravam na casa onde a droga foi encontrada.

De acordo com o delegado, a droga veio do Paraná e está avaliada em R$ 500 mil. O traficante que morava com a tia na casa foi preso e, segundo a DIG, ele já tem passagens pelo mesmo crime. A polícia procura por mais envolvidos. “No mínimo temos mais quatro pessoas que podem ser identificadas e presas a qualquer momento”, afirmou o delegado.

G1



Voltar




 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados