Descalvado, 19 de Julho de 2018 Busca:   
Região

Justiça quebra sigilo bancário e fiscal de Capez

17/02/2016

O Tribunal de Justiça de São Paulo decretou, a pedido do Ministério Público, a quebra do sigilo bancário e fiscal do presidente da Assembleia Legislativa, Fernando Capez, e de dois integrantes do governo paulista, investigados por supostas fraudes na merenda.

A decisão, do desembargador Sérgio Rui da Fonseca, também autorizou que a Procuradoria-Geral de Justiça abra investigação contra o presidente do Poder Legislativo, que tem foro privilegiado, e os demais investigados.

No centro da apuração está um contrato da Coaf [Cooperativa Orgânica Agrícola Familiar] com a Secretaria da Educação do Estado, no valor de R$ 8,5 milhões, para fornecimento de suco de laranja.

Ex-dirigentes da Coaf já admitiram ter pago propina.

Resposta

Fernando Capez nega irregularidades.

"Não recebi nenhum centavo da Coaf."

Ele disse que já havia disponibilizado seus dados pessoais antes do pedido de quebra de sigilo.

Padula negou anteriormente qualquer envolvimento com fraudes. Moita e seu advogado não foram localizados.

Ralph Tórtima Filho, advogado de Chebabi, ex-presidente da Coaf, disse que a quebra de sigilo demonstrará que seu cliente nunca se apropriou pessoalmente dos recursos.

Os demais não foram localizados.


http://www.agora.uol.com.br/saopaulo/2016/02/1740239-justica-quebra-sigilo-de-capez-e-de-assessores-de-alckmin.shtml





Voltar




 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados