Descalvado, 14 de Novembro de 2018 Busca:   
Descalvado

Prefeito e sua equipe faltam à reunião em que seria debatido o reajuste salarial dos funcionários

02/03/2016

Sindicato clama para que todos os funcionários a comparecerem na Câmara, as 18h30 desta quarta-feira




Nenhum dos quatro agentes políticos convocados pela Câmara Municipal compareceram à reunião para prestar esclarecimentos sobre o Projeto de Lei 14/2016, que trata da recomposição salarial do funcionalismo público.

O Secretário de Finanças, Geraldo de Campos; a Subprocuradora do Município, Giovana Cristina dos Santos, o Procurador Geral, Dr. Silvio Bellini, como também o prefeito Henrique Fernando do Nascimento, não compareceram e nem justificaram suas ausências aos vereadores da Comissão de Justiça e Redação [CJR], que solicitaram a reunião agendada para a manhã desta quarta-feira, 02 de março, às 09h. Henrique e sua equipe não compareceram nem para defender a sua proposta de 5% de reajuste.

De acordo com o vereador Guto Cavalcante, que preside a referida comissão, os vereadores esperavam esclarecimentos sobre o índice da recomposição salarial que trata o Projeto 14/2016. A Prefeitura não enviou a recomposição com o percentual de 12% como já havia pré-determinado com o Sindicato, referente aos anos de 2014 e 2015. No entanto, no final da tarde da segunda-feira [29] a Prefeitura protocolou um projeto com aumento de 5%, referente somente a 2014.

Participaram da reunião os vereadores Guto Cavalcante, Vick Francisco, Edevaldo Guilherme [membros da CJR], Anderson Sposito, Argeu Reschini, Sebastião Ricci, Ana Paula Peripato Guerra e o presidente da Casa, Helton Venâncio. Também estiveram presentes o Presidente do Sindicato José Carlos Vendramini e o assessor jurídico da entidade, Dr. Carlos Martins.

A 5ª Sessão Ordinária, realizada em 29 de fevereiro, continua suspensa até segunda-feira para apreciação do Projeto que trata do reajuste.

Sindicato convoca todos os funcionários
O Sindicato de classe convida a todos os funcionários públicos municipais a participarem de uma reunião, agendada para hoje, às 18h30, na Câmara Municipal, para explanação e discussão dos índices apresentados pela Prefeitura.

Segundo o Advogado do Sindicato, Dr. Carlos Martins, o valor proposto de 5% não é o que havia sido acordado entre sindicato e prefeitura, pois o que foi acordado, em documento assinado pela Subprocuradora e pelo Secretário de Finanças é que os funcionários teriam um reajuste de 12%.

E enquanto reina a falta de comando e a total desorganização dentro do Governo Henrique, quem de fato “paga o pato” é a população e os funcionários públicos, sendo que estes últimos amargam uma desvalorização de seus salários.





Voltar




 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados