Descalvado, 18 de Novembro de 2018 Busca:   
Câmara Municipal

Aberta CPI que vai investigar irregularidades e supostos desvios na Associação da Santa Casa

08/03/2016

CPI já comprovou o desvio de dinheiro público dos cofres da Santa Casa. Agora é hora de apurar se há também desvios na Associação da Santa Casa




Por unanimidade os vereadores aprovaram a abertura de uma CPI – Comissão Parlamentar de Inquérito – para investigar os gastos milionários de dinheiro público que acontecem na Associação da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Descalvado.

De acordo com os dados colhidos no requerimento de abertura da CPI, os vereadores recebem constantemente diversas denúncias vindas de funcionários do hospital e também da Associação da Santa Casa, relatando que o Secretário de Administração e interventor da entidade não está efetuando os pagamentos de INSS e FGTS.

Nessa questão é preciso dizer que a Associação dos Funcionários é uma entidade que foi criada em 2001 para dar suporte ao hospital, em um momento de crise, sendo que anualmente a Prefeitura repassa milhões de Reais para essa associação, que é quem contrata diversos médicos, agentes de saúde e demais funcionários que trabalham nos postos de saúde espalhados pela cidade.

Ocorre que a malfadada intervenção feita pelo Prefeito Henrique e sua trupe na Santa Casa, gerou um prejuízo de mais de R$ 1 Milhão aos cofres do hospital, e mais o comprovado desvio de dinheiro público feito interventor, ao depositar cheques do hospital em sua própria conta corrente.

Mas segundo denúncias, algo parecido com o que aconteceu na Santa Casa também está sendo cometido na Associação da Santa Casa, com valores da entidade sendo depositados em contas pessoais.

Falta transparência
Não é de hoje que o interventor Leandro Francisco Gomes Cardoso vem se “achando” superior a lei, faltando com a transparência no trato com o dinheiro público, pois desde que assumiu o comando dessa Associação, sempre negou qualquer pedido de fornecimento de prestação de contas e envio de documentos solicitados por vereadores fora da base do prefeito.

Com isso, com a falta de transparência, as suspeitas de que algo irregular esteja acontecendo acabam ganhando corpo, chegando a ser necessária a instauração desta CPI.

Porém temendo que a CPI de fato fosse constituída, o interventor encaminhou no final da tarde desta segunda-feira, 07, uma correspondência para a Câmara, tentando explicar alguns pontos relacionados à intervenção, porém como bem disse o Vereador Vick Fancisco, “quem não deve não teme”, sendo assim os vereadores estão executando uma de suas funções, que é a de fiscalizar.

Agora o Presidente da Câmara irá nomear cinco membros para compor a CPI, sendo um presidente, um relator e três membros, e a CPI tem prazo de 90 dias para sua conclusão, sendo possível ser prorrogado por mais 90.





Voltar




 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados