Descalvado, 15 de Novembro de 2018 Busca:   
Descalvado

Semana da Água – Semarh abre as portas para a visitação pública

17/03/2016

O Dia Mundial da Água foi criado pela ONU em 1992, quando também divulgou um documento importante para o uso e preservação dos recursos hídricos, a Declaração Universal dos Direitos da Água




O dia 22 de março é marcado anualmente como o Dia Mundial da Água. Uma data destinada principalmente a discutir os temas relacionados a esse importantíssimo e necessário bem que a natureza oferece aos seres vivos e que são tantas e tantas vezes relegado a planos inferiores entre aqueles que são necessários à vida

A SEMARH, Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, em comemoração a este bem natural estará aberta à visitação pública para os interessados. O secretário Valdecir Marcolino aproveita a oportunidade e também abre as portas do setor esclarecimentos de qualquer dúvida sobre o abastecimento de água e coleta de esgotos na cidade.

Segundo recomendações da Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento, os países membros da ONU - Organização das Nações Unidas - devem realizar atividades no dia para promover a conscientização sobre a necessidade de preservação de recursos hídricos, destacando a importância da água para a sobrevivência humana e para a manutenção da saúde.


Há mais de 20 anos
A ONU criou o Dia Mundial da Água em 1992, quando também divulgou um documento importante para o uso e preservação dos recursos hídricos, a Declaração Universal dos Direitos da Água.

O texto discorre sobre as sugestões, medidas e informações necessárias para a solução dos problemas do uso da água, considerando-a um bem perecível, e busca despertar a consciência ecológica dos povos e dos governos para a questão hídrica.
A água é o recurso mais abundante no planeta Terra, porém, apenas 0,007% estão disponíveis para o consumo humano. O restante é constituído por águas salgadas, geleiras e águas subterrâneas de difícil captação. O Brasil é privilegiado em recursos hídricos, com 12% da água doce do mundo. Entretanto, a escassez de água potável, que é hoje um problema crônico em diversas regiões do mundo, está gerando alertas também no nosso país.

70% da água doce estão na região Norte
É importante saber que cerca de 70% da água doce do Brasil estão concentradas na região Norte, a menos populosa, enquanto que as regiões Nordeste e Sudeste, com alta população, dispõem de pouca água. O risco de desabastecimento em larga escala é uma ameaça não somente em áreas tradicionalmente áridas, mas também nas grandes cidades. Num futuro próximo, a busca pela água será capaz de provocar disputas internacionais.

Esta visão de abundância, aliada à grande dimensão continental do País, favoreceu o desenvolvimento de uma consciência de inesgotabilidade, isto é, um consumo distante dos princípios de sustentabilidade1 e sem preocupação com a escassez.

A elevada taxa de desperdício de água no Brasil, 70%, comprova essa despreocupação. A oferta gratuita de recursos naturais pela natureza e a crença de sua capacidade ilimitada de recuperação frente às ações exploratórias, contribuiu para essa postura descomprometida com a proteção e o equilíbrio ecológico.

Cotidianamente, diversos são os exemplos de desperdício e despreocupação, como escovar os dentes com a permanência da torneira aberta; lavagem de ruas e calçadas com jatos d’água “vassoura hidráulica”, lavagem de veículos com água tratada, o uso de válvulas sob pressão nas descargas dos vasos sanitários; o despejo das águas servidas de banho e lavagens em geral, sem a preocupação com a racionalização de consumo e/ou reuso.

Poluição limitará a água potável
O meio ambiente é formado, dentro de uma visão simplificada, pelo solo, água e ar. Estes meios interagem sinergicamente entre si, significando que o resíduo descartado no solo, por exemplo, mais dia menos dia irá contaminar as reservas de água e o ar. Assim como, a decomposição dos resíduos descartados nos rios, originando substâncias tóxicas, pode atingir outros locais distantes da fonte poluidora, ampliando assim os danos da contaminação para o meio ambiente.

A relação do homem com o meio ambiente, baseada no indesejável tripé do descomprometimento, inesgotabilidade e irresponsabilidade, poderá consumar as previsões mais catastróficas quanto à escassez dos recursos naturais, sobretudo da água, inviabilizando dentro de poucos anos, a vida na Terra. Portanto, é fundamental a substituição por uma visão fundamentada nos princípios da sustentabilidade, racionalização e responsabilidade, dentro da qual, somos parte integrante do meio ambiente e, responsáveis pela proteção e pela elevação da qualidade de vida no Planeta.

Confira as dicas para ser um consumidor consciente:
1. Reutilize a água sempre que possível.
2. Programe a máquina de lavar de acordo com a situação real das roupas: só as muito sujas requerem dois enxágues. Procure também lavar todas as peças de uma única vez, na capacidade máxima da máquina.
3. No verão, evite regar as plantas entre 9 e 17 horas, quando o processo de evaporação é mais intenso. No inverno, regue em dias alternados.
4. Restos de produtos tóxicos como tinta, polidores de metal e móvel, naftalina e óleo, não devem ser descartados na pia, no ralo ou no solo, pois contaminam os lençóis freáticos.
5. Além de reciclar os materiais, repense o uso daquilo que é essencial na hora de comprar.
6. Prefira produtos de limpeza que não degradem o meio ambiente. Água e sabão são suficientes para limpar a maioria dos ambientes e objetos da casa.
7. Procure não levar animais de estimação à praia porque eles transmitem doenças por meio da água ou da areia.
8. Verifique se o hidrômetro relógio de água de sua casa tem vazamentos.
9. Evite comprar alimentos embalados em plástico ou isopor que demandam grande gasto de água. E prefira transportá-los em sacolas próprias de lona ou pano.





Voltar




 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados