Descalvado, 15 de Novembro de 2018 Busca:   
Descalvado

Santa Casa pede apoio à Câmara Municipal

14/10/2016

Em encontro com vereadores, integrantes da Provedoria mostraram a situação do hospital




Integrantes da Provedoria da Santa Casa de Misericórdia de Descalvado apresentaram a situação do hospital em encontro com os vereadores após a sessão ordinária de segunda-feira, 10 de outubro. Eles pediram apoio da Câmara Municipal para resolver os problemas que afetam a instituição, que completará 121 anos de existência em novembro deste ano.

O administrador Wilder Bertonha revelou que a dívida da Santa Casa atualmente é de pouco mais de R$ 2,5 milhões e demonstrou preocupação. “A situação é muito difícil, somente trabalho beneficente não será suficiente para resolver os problemas, por isso precisamos do apoio da Câmara Municipal e de toda a sociedade”, afirmou.

De acordo com Bertonha, a receita média mensal da instituição é de quase R$ 508 mil contra uma despesa de R$ 590 mil. Esses valores são referentes ao período de janeiro a agosto de 2016. “Se nada for feito pela Prefeitura, Câmara Municipal e sociedade, corremos sérios riscos de perder uma vida”, frisou.

Raio X
Contando no momento com 106 colaboradores, dos quais 39 médicos, a Santa Casa, somente no período compreendido entre janeiro e agosto deste ano, já atendeu a 41.736 descalvadenses, o que dá uma média de 116 pessoas por dia.

Em 2016, já foram 476 cirurgias; 523 internações entre clínica médica e pediatria. Esses números não incluem os partos realizados no hospital. Desse total, 165 cirurgias referem-se a pacientes de convênios e particulares, e 178 internações de pessoas que pagam planos de saúde e particulares.

Preocupado com o quadro, Bertonha alertou os vereadores que “estamos perdendo bons profissionais e médicos por falta de condições físicas, materiais e equipamentos”. Segundo o administrador, “também estamos perdendo clientes/pacientes por não oferecer instalações mais adequadas”.

Apoio
Na avaliação dos vereadores, a Câmara Municipal pode e deve contribuir na busca por alternativas e soluções para os problemas enfrentados pela Santa Casa. Para os parlamentares, o fato de a direção estar abrindo as contas e mostrando, pela primeira vez, a situação real da instituição, demonstra transparência e seriedade por parte da atual Provedoria.

A Câmara poderá contribuir financeiramente com a Santa Casa, uma vez que a Mesa Diretora pode devolver R$ 550 mil referentes ao duodécimo à Prefeitura. Parte desse montante poderá ser revertido à instituição. Também estiveram presentes Sidnei Pizza, provedor, e José Emílio Belli, presidente da Mesa Diretora da Santa Casa.





Voltar




 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados