Descalvado, 18 de Novembro de 2018 Busca:   
Descalvado

Campanha de Eliminação dos 3 Bichos atinge 98% dos alunos de 5 a 14 anos

28/10/2016

Secretaria Municipal da Saúde encerrou campanha no dia 26 e nenhum caso foi detectado para ‘bicho de pele’, 100% dos alunos foram medicados contra verminoses e somente três casos de ‘bicho de olho’



A Secretaria Municipal de Saúde, através da Vigilância Epidemiológica e em parceria com a Secretaria Municipal de Educação e Cultura [SEEC] encerrou na quarta-feira, 26, a Campanha de Eliminação dos 3 Bichos: da barriga [geohelmintíase], do olho [tracoma] e da pele [hanseníase] com a realização de cerca de 800 exames para tracoma e 100% em verminoses. Foram examinados alunos de 05 a 14 anos em duas escolas municipais, as EMEFs Prof. Francisco Fernando Faria da Cunha e Profª Thereza dos Anjos Puoli. Nenhum caso diagnosticado para hanseníase e apenas três para tracoma.

Segundo a diretora Municipal de Saúde, Luiza Tinelli, Descalvado foi o único município da chamada ‘região coração’ [DRS III de Araraquara: Araraquara, Descalvado, Ibaté, Porto Ferreira e São Carlos] a ser contemplado este ano com a Campanha, por cumprir todas as ações propostas pelo Governo do Estado. “A importância dessa campanha é a prevenção em detectar em tempo hábil o tracoma que pode levar à cegueira”, explica Luiza.

Para o combate das verminoses todos os alunos foram medicados com Albendazol 400mg comprimidos mastigáveis, que não causa qualquer reação adversa, e dos alunos autorizados pelos pais nenhum foi detectado com hanseníase.

Em 2013 essa campanha foi realizada, nas escolas Profª. Dirce Sartori Serpentino; em 2014 na escola Dr. Cid Muniz Barreto e, em 2015 nas escolas Coronel Tobias e Padre Orestes Ladeira.

Dos 800 exames realizados dois alunos foram diagnosticados com tracoma, e em uma investigação familiar, em um dos casos uma mãe tinha a doença, no outro caso os familiares tiveram resultados negativos. Segundo informações ambas as famílias são provenientes de outro Estado e atualmente residem em Descalvado. Todos foram devidamente medicados com uma dose única de azitromicina cada um, receitada pelo médico infectologista, acabando com a possibilidade de contágio.

Pais assinaram autorização para exame do tracoma e hanseníase
A disseminação da Campanha começou em 10 de outubro, para as diretoras e professores das escolas contempladas este ano, para que num segundo momento houvesse a explicação para os pais durante reunião escolar. Quem compareceu à reunião autorizou de imediato a aplicação de medicação e exames para a detecção dos ‘3 bichos’. Os pais que não compareceram receberam pelas mãos dos alunos o folder explicativo e o formulário de autorização.

Infelizmente não foi possível atingir os 100% dos alunos para os testes de tracoma devido à falta de autorização dos pais, mas a enfermeira chefe da Vigilância Epidemiológica, Maria de Lourdes Cordeiro Santana garante que Descalvado atingiu a meta exigida pela Secretaria de Estado da Saúde, que é mais de 80%: “fizemos 98% dos exames previstos”.

Os alunos da EMEF Thereza dos Anjos Puoli concluíram os exames durante a manhã e tarde da quarta-feira. “A Campanha foi muito proveitosa para esclarecer aos pais sobre tais doenças, identificar os sintomas, favorecendo o tratamento imediato”, comentou a diretora Ana Cláudia Brambilla Rissi. “Tenho que parabenizar não só os pais, como o pessoal da Educação, professores e funcionários, pois a recepção foi muito organizada, estão de parabéns”, avaliou a chefe da Vigilância Epidemiológica.

Além da colaboração dos funcionários da Educação, a Campanha contou com o apoio de estudantes da Unicastelo-Universidade Brasil, do curso de Enfermagem. No encerramento da Campanha as alunas Lara Canadinho e Natália Gonçalves acompanharam os últimos exames.

Os '3 bichos' da Campanha
Para a detecção do chamado ‘bicho de olho’ [tracoma] os alunos passaram por exame técnico específico de análise das pálpebras dos olhos, realizado pela enfermeira Lourdes, que na normalidade deve apresentar uma coloração clara. Essa doença é causada por variedade da bactéria Chlamydia trachomatis que leva a uma inflamação crônica da conjuntiva, córnea dos olhos e pálpebras, causando uma hipertrofia papilar e formação de um pano quando cicatrizada e uma possível cegueira.

A transmissão desta bactéria se dá pelo contato direto com secreções oculares, nasais e bucais do indivíduo afetado e também, através de objetos que entraram em contato com as secreções de indivíduos contaminados e até insetos podem funcionar como vetores mecânicos. Uma doença relacionada à falta de cuidados e saneamento, mais comum em regiões muito pobres.

As geohelmintíases [bicho da barriga] são parasitoses intestinais - verminoses. Os principais sintomas: cólicas abdominais, vômitos, anemia, perda de peso, apendicite aguda, fraqueza e cansaço.

Hanseníase [bicho da pele] - doença representada por manchas avermelhadas, esbranquiçadas ou amarronzadas em qualquer parte do corpo com alteração da sensibilidade térmica, dolorosa e tátil. Antigamente era conhecida como lepra.





Voltar




 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados