Descalvado, 15 de Novembro de 2018 Busca:   
Descalvado

Em 50 minutos choveu 112,5 mm - maior média registrada desde 2012

03/11/2016

Ruas do centro da cidade alagaram e em alguns bairros crateras antigas aumentaram trazendo riscos aos moradores. Departamento de Obras só poderá fazer a recuperação quando o tempo estiar



Mais uma vez a cidade de Descalvado foi atingida por um forte temporal na última segunda-feira, 31, com aproximadamente 50 minutos de ventos fortes e chuvas torrenciais intercaladas com granizo, o que deixou muita gente apreensiva depois do evento do dia 19 de setembro, onde muitos veículos e telhados foram detonados pela chuva de granizo. Desta vez algumas ruas foram momentaneamente alagadas e houve reclamações na Prefeitura Municipal de água ter invadido algumas propriedades, muitos galhos de árvores caíram e lixo arrastado pela enxurrada, mas nada grave registrado.

Segundo informações da SEMARH - Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recursos Hídricos – a chuva de segunda-feira registrou 112,5 mm sob a região urbana da cidade, um volume considerado muito acima da média normal e o maior registrado desde 2012.

O trecho da Avenida Pio XII que passa sobre o Córrego da Prata, na região da antiga estação da FEPASA, mais uma vez ficou alagada. Muitos motoristas que tentaram atravessar acabaram tendo problemas com os seus veículos, sendo que alguns deles tiveram que ser rebocados.

Outra região da cidade que tem enfrentado fortes enxurradas e alagamento, entre as ruas Paula Carvalho, nas proximidades do cruzamento com a Rua Bezerra Paes, região central, arrastou um cadeirante durante o temporal, o qual foi resgatado por homens da Polícia Militar de Descalvado, após chamado pelo COPOM -Centro de Operações da Polícia Militar. O trecho onde o cadeirante foi arrastado pela força da água é o mesmo em que um veículo também fora arrastado no ano passado. O cadeirante nada sofreu.

A entrada de acesso à represa Calmon, uma das que abastece a cidade localizada nas proximidades do Lar dos Meninos foi bastante danificada pela força da enxurrada e acúmulo de água chegando a sujar a água. A Prefeitura Municipal foi acionada para colocação de cascalho e nivelação da estrada e retirada da lama acumulada em um dos acessos à represa.

Estragos nas ruas
Nos bairros Ipê I e Bosque do Tamanduá os problemas se repetem e aumentam a cada forte chuva. Várias ruas do Ipê I que já apresentavam erosões tiveram a situação piorada e novas crateras se abriram em frente a várias residências prejudicando o acesso de veículos para dentro e fora das garagens. Buracos que receberam cascalhos nas últimas semanas para amenizar os estragos voltaram a afundar mais, pois a enxurrada arrastou as pedras colocadas. Várias ruas estão em situações de riscos.

O diretor Municipal de Obras, Yuji Yajima está ciente dos estragos e informa que enquanto o tempo não estiar não há o que ser feito, pois só recolocar cascalho nos buracos não resolve, será preciso fazer o tapa buraco com emulsão asfáltica e compactação com o rolo, mas o chão tem que estar bem seco para a aderência durabilidade do remendo.

Na baixada do Bosque do Tamanduá, a Rua Indalécio Calza mais uma vez foi a mais prejudicada amanhecendo na terça-feira, com muita lama, sendo necessário que maquinário da Prefeitura fizesse a remoção para melhorar o tráfego de veículos e pedestres.

Segundo informações da Secretaria Municipal de Agricultura, apenas um arbusto tombou na Praça Deolindo Zaffalon tendo que ser removido e houve solicitação de retiradas de muitos galhos em vários pontos da cidade, bem como o registro de várias calhas entupidas por folhas e terra trazidas pelo vento, o que levou à infiltração nos imóveis. Fora isso, nada mais grave foi registrado.

Previsão do tempo para os próximos dias

Neste sábado, 05, de acordo com dados do site http://www.tempoagora.com.br/, a previsão é de sol, alternando com pancadas de chuva e possíveis trovoadas, temperatura média de 18 °C a 25 °C, velocidade do vento 14km/h. Para o domingo, 06, até a quarta-feira, 09, a previsão se mantem a mesma com alguma variação na velocidade do vento. Na quinta-feira e sexta-feira o tempo estará fechado e chuvoso, com possíveis trovoadas, temperatura média de 21 °C a 28 °C e a velocidade do vento começa a diminuir.




Voltar


Em 50 minutos choveu 112,5 mm - maior média registrada desde 2012


 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados