Descalvado, 19 de Setembro de 2018 Busca:   
Região

Justiça cassa chapa de prefeito eleito e exige nova eleição em Pirassununga

17/11/2016

Juíza entendeu que candidatos realizaram um comício irregular este ano.
Procurados pelo G1, eles não foram encontrados para comentar o caso.





A Justiça Eleitoral determinou a cassação da chapa do prefeito eleito de Pirassununga devido a um comício irregular. A sentença exige a realização de novas eleições no município. Publicada nesta quarta-feira [16], a ação determina penas de inegibilidade por oito anos a Ademir Alves Lindo [PSDB], ao vice Milton Dimas Tadeu Urban e o vereador eleito Natal Furlan. Procurados pelo G1, eles não foram encontrados para comentar o caso.

A defesa tem até cinco dias úteis para recorrer. A realização de novas eleições ocorreria somente após esgotar todas as possibilidades de recursos, inclusive na Justiça Federal.

Segundo a juíza Flávia Pires de Oliveira, da 96º zona eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral [TRE], o prefeito foi condenado por vantagem econômica ao fazer, de acordo com o entendimento da juíza e da promotoria, um comício irregular em frente ao Bailão do Furlan, casa de shows da cidade.

O evento ocorreu no dia 25 de setembro deste ano e, de acordo com a decisão da Justiça, justamente no dia do encontro o local não cobrou a entrada dos frequentadores.

Lindo foi eleito no dia 2 de outubro com 21.024 votos, o equivalente a 54,12% dos votos válidos.

G1





Voltar




 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados