Descalvado, 19 de Julho de 2018 Busca:   
Região

Prefeitura começa a cortar água de inadimplentes em Analândia

06/12/2016

Cerca de 600 imóveis terão o serviço suspenso até o fim deste mês.
Administração quer arrecadar R$ 400 mil para pagar funcionários.




Cortes
Os cortes vão ser feitos de segunda a quinta-feira e todas as famílias serão notificadas com no mínimo dez dias de antecedência.
O aviso de que ficaria sem água deixou a copeira Lucimara Bueno desesperada. Desempregada há um ano, a moradora do bairro Angelo Perim deve cerca de R$ 1,5 mil entre conta de água e IPTU. “Eu tentei conversar para fazer um carnê, mas a prefeitura ficou três semanas fechada. Agora vem cortar a água sem negociar nada”, criticou.

Para os moradores, a prefeitura deveria encontrar outras formas. “Deveria ter outro meio, a cidade já é carente de tudo”, declarou o aposentado José Salazar. “Fazer uma parcelamento e dar uma chance, não vir assim de repente e cortar. Tem gente que nem caixa d’água tem”, completou a dona de casa Andreza Fabricio Silva.

Atraso nos salários
No mês passado, 110 dos 320 servidores municipais entraram em greve por 15 dias porque os salários e o vale-alimentação eram pagos com atraso ou em várias parcelas.
A coleta de lixo e os serviços de manutenção no sistema de água e esgoto foram interrompidos. A creche também ficou com as portas fechadas.

Na última terça-feira [29], um acordo no Tribunal Regional do Trabalho [TRT] de Campinas deu fim à paralisação. Os salários de dezembro vão ser pagos em parcelas.
“No quinto dia útil, dia 7, vamos pagar 40%. No dia 13, vamos pagar mais 20%, e no dia 20 mais 40%. A partir desse dia, 60% do 13º salário”, explicou o prefeito.

Dívida
A prefeitura já admitiu que não está conseguindo pagar nem os salários nem as contas em dia. A dívida do município ultrapassa os R$ 2,6 milhões e a administração anunciou um leilão para tentar diminuir o débito.

Segundo os editais que já foram publicados, o objetivo é vender 15 carros, quatro máquinas, como retroescavadeiras, e nove terrenos que foram doados para o município, disse Adriana Batista Alves, chefe de Divisão da administração municipal.

O presidente da Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara Municipal, Rodrigo Balerini, é contra a venda dos carros. Segundo ele, a prefeitura está leiloando 48% da frota a um valor muito abaixo do mercado.
A prefeitura alega que só vai vender o que não tem mais utilidade. “Os veículos, a maioria não é sucata, porém e inservível. Muitos estão com o motor fundido, câmbio para fazer, quilometragem acima”, disse Adriana.

Dívida
A prefeitura já admitiu que não está conseguindo pagar nem os salários nem as contas em dia. A dívida do município ultrapassa os R$ 2,6 milhões e a administração anunciou um leilão para tentar diminuir o débito.
Segundo os editais que já foram publicados, o objetivo é vender 15 carros, quatro máquinas, como retroescavadeiras, e nove terrenos que foram doados para o município, disse Adriana Batista Alves, chefe de Divisão da administração municipal.

O presidente da Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara Municipal, Rodrigo Balerini, é contra a venda dos carros. Segundo ele, a prefeitura está leiloando 48% da frota a um valor muito abaixo do mercado.
A prefeitura alega que só vai vender o que não tem mais utilidade. “Os veículos, a maioria não é sucata, porém e inservível. Muitos estão com o motor fundido, câmbio para fazer, quilometragem acima”, disse Adriana.





Voltar




 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados