Descalvado, 14 de Novembro de 2018 Busca:   
Descalvado

Secretário escolhido por Becão tem 30 anos de rede de ensino pública e privada

08/12/2016

Prof. Marco já foi diretor da Divisão de Educação da Secretaria de Educação e Cultura [SEEC], na gestão municipal 2009 – 2012. O convite para ser o secretário foi uma grande surpresa


Assessoria de Transição


O futuro secretário Municipal de Educação e Cultura, prof. Marco Antônio Pratta, escolhido na última semana pelos eleitos Becão Reschini e Luiz Carlos Vianna, deu o ponta pé inicial e oficial à transição de governo na referida pasta, contando com total apoio da atual secretária profª Rute Casati e está bastante otimista com o futuro apesar da atual conjuntura política e econômica, não só do município e sim do país.

Professor Marco tem 52 anos, é casado, pai de três filhos os quais são o seu bem mais precioso. É graduado em Filosofia, em Geografia e em Pedagogia. Mestre em Educação pela Universidade Federal de São Carlos - UFSCar - [1998] e Doutor em Filosofia e História da Educação pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP [2005].

Há trinta anos atua tanto na rede pública quanto na rede privada, sendo funcionário público estadual e diretor de escola conveniado junto à Prefeitura do Município de Descalvado há catorze anos. Foi supervisor de ensino na rede municipal, entre 2003 e 2008, e diretor da Divisão de Educação da Secretaria de Educação e Cultura - SEEC - na gestão municipal 2009 – 2012.

Portanto o nome escolhido pela equipe do prefeito Becão para assumir a Educação não é estranho ao professorado municipal, pelo contrário um nome bastante elogiado e um professor que tem muito carisma também com os alunos e ex-alunos.

Em contato com professor após dar o pontapé inicial à transição na pasta da Educação respondeu a algumas perguntas sobre expectativas e desafios:

01- Como se sente tendo sido escolhido e convidado para ser o Secretário Municipal de Educação e Cultura a partir de 2017?

Prof. Marco:
Fiquei bastante lisonjeado pelo convite, até porque não o esperava. É um grande desafio em vista do momento econômico que o país atravessa, o que se reflete, sem dúvida, no município. É um momento para se agir com cautela, ponderação, o que sempre é de se esperar em relação ao dinheiro público, ainda mais diante da atual conjuntura. Estou feliz e, ao mesmo tempo, convicto das grandes responsabilidades que se espera do momento.

02- De acordo com explanações feitas durante encontro com Becão e Vianna na Educação, qual o maior desafio que visualiza para a nova gestão?

Prof. Marco:
Os grandes desafios, em relação a Educação municipal, são:
a] Investir no processo de ensino e aprendizagem, melhorando assim, gradativamente, os indicadores educacionais. Não adianta esperar resultados positivos sem investimento!
b] Intensificar o processo de formação continuada dos professores. Descalvado possui uma situação privilegiada em relação a esse quesito: corpo docente estável e preparado. A rede municipal de ensino de Descalvado possui quase trinta anos de história. É preciso continuar o trabalho de formação permanente.
c] Ampliar a oferta de vagas nas creches.

03- O senhor é um dos poucos nomes noticiados para o novo governo e de fato o primeiro a começar os trabalhos de Transição, quais são suas expectativas?

Prof. Marco:
A Secretaria de Educação e Cultura - SEEC - está disponibilizando todas as informações para a realização do governo de transição. A professora Rute Maria Pozzi Casati, como é do seu feitio, está deixando totalmente transparente o conjunto dos dados sobre a educação municipal e o seu gerenciamento, o que já está facilitando bastante o momento.

04-Fale do seu relacionamento com a atual secretária profa. Rute e como tem sido os primeiros encontros?

Prof. Marco:
Eu conheço a professora Rute há muito tempo. Trabalhamos juntos, por um breve período, no Coronel Tobias, no início da minha carreira docente. Posteriormente convivemos mais intensamente no campus local da UNICASTELO, nos cursos de Pedagogia e Educação Física. Por fim, quando da minha aprovação em concurso público estadual para diretor de escola, com o posterior ingresso em 2003, ela convidou-me para compor a equipe da SEEC [na época ainda SECET - Secretaria de Educação, Esporte e Cultura], como supervisor de ensino da rede municipal. Fui conveniado junto ao município como diretor de escola, mas exercendo a função de supervisor. Tenho um apreço, respeito e admiração pelo seu trabalho, por tudo que ela já fez, em quase vinte anos, no total, a frente da educação do município.





Voltar




 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados