Descalvado, 22 de Março de 2017 Busca:   
Descalvado

Quase 20% dos prefeitos do país assumiram municípios em estado de calamidade financeira

07/01/2017

Porto Ferreira suspendeu os pagamentos por 90 dias e Pirassununga decretou estado de calamidade financeira. Em Descalvado, o governo municipal segue na linha de decisões técnicas e gestão dos gastos públicos

Assessoria de Comunicação P.M.D.


Passada a euforia das festividades de Natal e virada de ano a realidade de muitas prefeituras da região e do país é caótica. Antes mesmo dos prefeitos eleitos assumirem seus postos os números já apontavam para as dificuldades que todos enfrentariam ao sentar-se à cadeira de prefeito.

De acordo com dados levantados pelo site da UOL quase 20% dos prefeitos do país assumiram municípios em situação de emergência ou estado de calamidade pública. Os decretos reconhecidos pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil são de 90 a 180 dias, ou seja, de janeiro até abril. O país possui 5.570 municípios.

Dentre os municípios do interior de São Paulo, talvez Descalvado seja o que esteja com mais tranquilidade para se governar, embora sem os números exatos em mãos, o prefeito Becão Reschini ao lado de seu vice Luiz Carlos Vianna e equipe de governo não comemora a situação.

Ao contrário do que vem acontecendo com as cidades vizinhas de Porto Ferreira, que esta semana o prefeito eleito Rômulo Rippa decretou a ‘suspensão temporária de pagamentos das obrigações contraídas pela administração até 31 de dezembro de 2016’, e Pirassununga, onde o prefeito Ademir Alves Lindo decretou estado de calamidade financeira no âmbito da Administração Pública Direta, Descalvado está com o cronograma de pagamentos em dia e salários que foram pagos até antecipados em dezembro.

Em Porto Ferreira os pagamentos estão suspensos por 90 dias, exceto os pagamentos de serviços essenciais e folha de pagamento prevista para este dia 05. Segundo o decreto os pagamentos suspensos poderão ser liberados mediante análise de uma comissão especial. Em Pirassununga estão pesando os aumentos com gastos de pessoal dos últimos quatro anos.

Na próxima segunda-feira, 09, o prefeito de Pirassununga fará uma reunião com os credores para expor a situação e as medidas adotadas e a forma como o município pretende quitar as dívidas.

‘Com as rédeas curtas’
Diante deste cenário nacional, o vice-prefeito de Descalvado, Vianna reforça: “a tônica do nosso trabalho será a qualidade dos gastos públicos”. Os cortes na folha de pagamento continuam de forma gradativa e as nomeações estão acontecendo de forma cautelosa respeitando o TAC [Termo de Ajustamento de Conduta] firmado com o Ministério Público. Para se ter ideia do cuidado que a administração vem tendo esta semana o prefeito trabalhou sem secretária e não há previsão de nomeação. O pessoal tem se revezado para auxiliar no atendimento ao público.

Nada foi confirmado, mas a previsão é de redução inclusive nas contratações de estagiários que deverá sofrer um corte de até 50%. A limpeza e manutenção públicas iniciadas esta semana estão contando com uma força tarefa de servidores de três secretarias: Obras, Agricultura e Água e Esgoto [SEMARH] que têm se desdobrado para que a cidade comece a ser limpa. O prefeito também solicitou um levantamento de como está o índice prudencial para saber o que mais precisa ser feito, além dos cortes e remanejamentos ocorridos no setor da Educação.

Portanto, o caso não é de calamidade pública, mas segundo Vianna o governo tem que seguir a linha técnica para tratar e resolver as questões urgentes e emergenciais. Só se fará o que for extremamente necessário.

Outras regiões
O prefeito Humberto Souto [PPS], do município de Montes Claros, ao norte de Minas Gerais, decretou também logo após a posse no dia 1º de janeiro, o estado de calamidade financeira anunciando o corte de 20% dos cargos comissionados.

Em Nova Iguaçu, o prefeito Rogério Lisboa [PR] fez o mesmo. A administração está com três folhas de pagamentos em atraso que somam cerca de R$ 150 milhões.

Com a pior seca do Nordeste, quase metade dos municípios da região entram 2017 em emergência. São 853 dos 1.794 municípios em emergência.

Entre todos, apenas Jaborandi [BA] está em emergência por outro motivo: estragos causados pela chuva. Uma situação que inclusive, levou chefes de Executivo a desistirem da candidatura à reeleição, como o prefeito Jorge Dantas [PSDB] de Água Branca, no sertão alagoano.

Em São Gonçalo, região Metropolitana do Rio de Janeiro, o prefeito José Luiz Nanci decretou estado de calamidade pública financeira no município, no dia 03 de janeiro. Estão sendo adotadas medidas excepcionais necessárias quanto à racionalização dos serviços públicos essenciais. Há débitos de R$ 600 milhões do exercício de 2016.

Outras cidades cariocas também estão em estado de calamidade financeira: Angra dos Reis, Cabo Frio, Mesquita e Petrópolis.

Prefeito de Ribeirão Preto assume Prefeitura com dívida inédita de R$ 2,1 bilhões
O prefeito eleito e diplomado em Ribeirão Preto [SP], Duarte Nogueira [PSDB] assume uma Prefeitura com uma dívida inédita na história pública de R$ 2,1 bilhões, além da falta de pagamento dos salários de dezembro dos servidores municipais, que deve ser quitado até a segunda semana de janeiro.

O município é alvo da Operação Sevandija, força-tarefa da Polícia Federal e do Ministério Público que afastou a então prefeita Dárcy Vera [PSD], que chegou a ser presa, e mais nove vereadores e revelou um esquema de corrupção com pagamento de propina, negociação de cargos e fraudes em contratos de R$ 203 milhões.

O valor da dívida herdada é próximo do projetado para o orçamento da cidade para 2017, de R$ 2,89 bilhões. Para amenizar a crise financeira do município a Câmara Municipal faria a devolução do repasse do duodécimo no valor de R$ 4,3 milhões.

Foto: Prefeitos que estão em ‘papos de aranhas’





Voltar




 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2017 - Todos os direitos reservados