Descalvado, 15 de Novembro de 2018 Busca:   
Descalvado

Banco Central dificulta a vida dos contribuintes na hora de pagar os tributos

22/01/2017

Prefeitura de Descalvado notificou as instituições financeiras antes do prazo final, apenas a Caixa Federal e casas lotéricas renovaram o convênio de recebimento de cobrança



Seguindo determinações do Banco Central [Circular nº 3.656/2013], a partir de 1º de janeiro de 2017 o Sistema Bancário só poderá efetuar recebimento de boletos “Com Registro”, sendo extinta a modalidade ‘Sem Registro’, o que tem dificultado a vida de muitos contribuintes que se viram limitados na opção dos locais para a quitação de tributos e tarifas municipais [IPTU, ISS, Água e Esgoto e outros].

Atualmente essas contas só estão sendo recebidas pela agência da Caixa Econômica Federal, casas lotéricas e Tesouraria da Prefeitura Municipal, pois a modalidade imposta pelo Banco Central deixa de ser atrativa para a maioria das instituições financeiras.

A explicação e esclarecimento se fazem necessários para que o contribuinte entenda o que mudou e que a administração municipal teve que se adequar ao solicitado pelo Banco Central. Desde o ano passado as instituições financeiras foram notificadas pela Prefeitura Municipal para que manifestassem interesse na renovação dos convênios de cobranças e até o momento somente a agência da Caixa Federal e as casas lotéricas realizaram a assinatura.

Esta semana o prefeito Becão Reschini e sua equipe de governo fizeram propostas para a administração das agências do Banco do Brasil e do Banco do Bradesco e aguardam uma resposta se as instituições financeiras farão ou não parte do convênio. O prefeito está otimista e acredita e espera que mais alguma agência bancária assine o convênio para facilitar o pagamento pelos contribuintes.

Esse é um problema que está sendo vivenciado por demais prefeituras e contribuintes de toda a região e muito mais pelos administradores de condomínios e seus condôminos, que esbarram na dificuldade da atualização dos dados cadastrais.

Circular do Banco Central
A circular nº 3.656/2013 estabeleceu um prazo de quatro anos para a transição definitiva, com o objetivo básico de se padronizar os boletos, deixando-os com uma linguagem mais simples.

Em dezembro de 2016 findou o prazo para o término da migração das carteiras de Cobrança sem Registro para as registradas e janeiro de 2017 teve início a operação da base centralizada de títulos.

Entre as mudanças está a obrigatoriedade de constar nos boletos de pagamento, os dados do Beneficiário e do Pagador [CPF ou CNPJ, Nome e Endereço], além da data de vencimento e valor cobrado.

Foto:
Contribuinte está com dificuldades para quitar os tributos e tarifas municipais. Entre as poucas opções resta o guichê da Prefeitura






Voltar




 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados