Descalvado, 13 de Novembro de 2018 Busca:   
Descalvado

Com o aparecimento de escorpiões em residências, serviço de Saúde Municipal aciona Sucen para ajudar a solucionar problema

09/03/2017

Moradores de um trecho da Rua José Ferreira reclamam com frequência o aparecimento dos ‘bichos’ dentro de suas casas e acionam a Vigilância Epidemiológica



Diante de reclamações de moradores de um trecho da Rua José Ferreira, em Descalvado, quanto ao aparecimento de escorpiões, a Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Saúde chamou o apoio técnico da Sucen de Araraquara [Superintendência de Controle de Endemias] para analisar in loco o problema. Esteve visitando as residências um hepertólogo do Centro de Controle de Zoonoses de Araraquara.

A Equipe de Controle de Vetores da Vigilância Epidemiológica local fez várias visitações nos locais de reclamação dos moradores e não conseguiu identificar o motivo do aparecimento dos bichos peçonhentos.

No último dia 22 de fevereiro, o hepertólogo Edson Maria Torres esteve pessoalmente nesses locais, acompanhado da médica Veterinária do NASF [Núcleo de Apoio à Saúde da Família], Eukira Monzani e com o servidor João, da Equipe de Controle de Vetores.

Muitas informações e orientações já vinham sendo utilizadas pelos moradores, depois das frequentes visitas da Equipe de Controle de Vetores, embora os escorpiões continuam a aparecer.

Com a visita do profissional de Araraquara, mais moradores da região citada foram orientados a promoverem mudanças no ambiente residencial para coibir a presença dos bichos e devem continuar relatando à Vigilância Epidemiológica o aparecimento dos escorpiões, para se caso necessário seja feita a captura de alguns desses bichos para análises.

A médica Veterinária diz que a população precisa ter conhecimento de se pode manter o escorpião longe das residências realizando faxina nos quintais, terrenos e construções inacabadas com frequência e evitar acúmulo de lixo. “Devemos lembrar que venenos não funcionam adequadamente, pois para que o efeito seja alcançado é preciso que o escorpião seja banhado diretamente na aplicação”, explica Eukira.

Sobre a picada
Toda pessoa picada por escorpiões deve se dirigir ao Pronto Socorro e se possível levar o escorpião para identificação. A orientação é para quem a pessoa vitimada não se automedique e que vá o mais rápido possível ao atendimento médico.

Caso encontre escorpiões nas residências entre em contato com a Unidade de Saúde mais próxima ou com a Equipe de Controle de Vetores pelo telefone [19] 3583.4408.

Sobre os escorpiões
São aracnídeos que andam e caçam à noite, e escondem-se em diversos locais durante o dia para se protegerem do sol. Escondem-se embaixo de pedras, tijolos, galhos e troncos caídos, folhas mortas, entulhos, madeiras, telhas, galerias de esgotos, ralos, etc..

As duas espécies mais importantes para a saúde pública são: escorpião amarelo [Tityus serrulatus] e escorpião marrom [Tityus bahiensis].

Alimentação: Se alimentam principalmente de baratas, mas podem se alimentar também de grilos, cupins, aranhas, pequenos vertebrados e até mesmo de outros escorpiões.

Importância Ecológica: Os escorpiões são os principais predadores de insetos e outros pequenos animais às vezes nocivos ao homem.

Inimigos: possuem como inimigos a galinha, coruja, gaviões, seriemas, sapos, macacos, lacraias, louva-deus, lagartos, camundongos, algumas formigas e os próprios escorpiões. Porém seu principal inimigo é o homem.

Reprodução: No escorpião amarelo só existem fêmeas, e sua reprodução ocorre por Partenogênese [os óvulos transformam-se diretamente em embriões que dão origem a novas fêmeas].

Sintomas ocorridos pela picada: dor local imediata e intensa, que aos poucos vai se espalhando podendo ocasionar febre, vômitos e suor intenso, agitação nervosa, arritmia cardíaca e dificuldades respiratórias. Os grupos de maior risco são idosos, crianças e alérgicos.

Medidas Preventivas:
- Verifique cuidadosamente sapatos, roupas e utensílios domésticos antes de serem usados, principalmente os que estão próximos ao chão;

- Conservar camas e berços afastados, no mínimo 10 centímetros da parede, e examiná-los antes de deitar;

- Manter limpos sótãos, garagens, porões, quintais, jardins, depósitos e terrenos baldios;

- Usar telas nas aberturas de ralos, pias e tanques;

- Vedar soleiras das portas e fechar janelas, se possível com tela, antes de anoitecer;

- Evitar acúmulo de ferro velho, telhas, tijolos, madeiras, pedras;

- Rebocar paredes e muros;

- Cuidado especial com gavetas de armários, em especial as que estão próximas ao assoalho;

- Manter alimentos em recipientes tampados para evitar baratas que servem de alimento aos escorpiões.

Fotos:
Trecho da Rua José Ferreira com grande incidência de escorpiões





Voltar




 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados