Descalvado, 19 de Novembro de 2018 Busca:   
Câmara Municipal

Vagner Basto cobra “educação ambiental” do Município e debate sobre a capina química

27/05/2017

Vereador pede campanhas para conscientizar a população quanto às responsabilidades com a limpeza urbana


O vereador Vagner Basto cobrou a Prefeitura. Ele quer a promoção de uma campanha de educação ambiental. O objetivo é conscientizar a população da sua responsabilidade com relação à preservação, conservação, defesa, recuperação e melhoria do meio ambiente.“Isso está no Código de Posturas do Município, na Seção VI, artigo 204. A população precisa compreender que pequenas atitudes como separar o lixo e manter a frente de suas residências limpas economizam dinheiro, ajudam o meio ambiente e geram melhor qualidade de vida”.

Vagner afirma que a cidade precisa oferecer ambiente com qualidade de vida. Mas também crê que a coletividade é parte desse ambiente e por isso tem que colaborar. “Vejo que tratar da separação ideal do lixo, da maneira correta do seu descarte, indicando locais apropriados para o descarte dos entulhos e até incentivar a reciclagem é uma forma de a municipalidade chegar a essa cidade limpa que todos cobram”.

Ainda sobre o tema, na indicação 49, o vereador pediu o relatório de todas as áreas pertencentes à municipalidade, para averiguar sobre a limpeza das mesmas. E na indicação 302 encaminhou anteprojeto de lei pedindo a instituição do Programa de Coleta Seletiva Ambiental nas escolas da rede.

Vereador debate a capina química
Basto usou a tribuna da Câmara na segunda [22] para debater sobre o uso da capina química no controle de plantas invasoras no ambiente urbano. Como o uso de produtos químicos na capinação é proibido na legislação municipal, o Executivo protocolou projeto de lei propondo acabar com a desautorização. No início da sessão, o engenheiro agrônomo Cristiano Scala Chiaratti fez uso da Tribuna Livre para defender a lei vigorante. O projeto 33/17 do Executivo também foi denunciado à Promotoria de Justiça que pediu ao prefeito Becão Reschini pela sua retirada.

Vagner Basto esclareceu que para ele, capina química é uso de reagentes com composição química, e não agrotóxicos especificamente.

Consulta popular
Por causa do impasse com relação ao uso da capina química urbana, o vereador defendeu a realização de consulta popular para decidir pelo uso ou não. “Todos os poderes são independentes: Executivo, Legislativo e Judiciário, e como nesse caso as opiniões divergem, seria coerente ouvir a população, pois nós, vereadores fomos eleitos para representá-los”. O vereador disse que na próxima sessão irá apresentar o uso da capina química na cidade de Americana, que foi autorizado pela ANVISA.





Voltar




 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados