Descalvado, 15 de Novembro de 2018 Busca:   
Descalvado

Becão busca alternativas para tirar os caminhões estacionados na Av. Bom Jesus

22/07/2017

Área doada em 2013 ficou fora de padrão para abrigar a frota da Expresso. Vereadores se colocaram à disposição do prefeito para apoiar a troca por uma nova área



Preocupado com o crescente problema da falta de visibilidade e de segurança aos motoristas e pedestres que transitam pela Avenida Bom Jesus, devido ao estacionamento de caminhões da empresa Expresso Descalvado e de outros autônomos, o prefeito Becão chamou o empresário e seus representantes para traçar as possibilidades de solucionar a questão.

A primeira reunião oficial com o empresário, na presença dos vereadores Luisinho Panone [PSD], Paulinho Gabrielli [PPS], Vagner Basto [PRB], Argeu Reschini [PTB], Daniel Bertini [PMN], Reinaldo Ninja [PSDB] e Sebastião Ricci [PP], aconteceu na tarde de segunda-feira, 17, no Palácio do Povo, onde Becão explanou que com as obras de infraestrutura [galerias pluviais, guias, sarjetas e pavimentação] na nova área industrial do Bosque do Tamanduá, conhecida por ‘área do Belenzinho’ facilitaria o investimento de novos empreendimentos, inclusive o da Expresso, por já ter uma área doada no local, lá em 2013.

Os empresários explicaram aos presentes que de 2013 para cá a empresa cresceu muito e a metragem mínima para abrigar a frota da empresa teria que ser uma área de pelo menos 15 mil metros quadrados e, a área doada não atinge essa exigência, embora tivessem feito uma visita às obras de infraestrutura no local.

Descalvado ficou praticamente quatro anos patinando e guardando na gaveta vários problemas para que um dia ‘alguém’ os resolvessem e a questão é que tudo se tornou urgência neste primeiro ano da administração de Becão e Vianna. A Prefeitura está com sérios compromissos financeiros e de execução de obras que não podem mais ser adiados, o caso da Expresso é mais um deles.

Becão disse que fará o que estiver ao seu alcance para que, em parceria com a empresa possa se encontrar soluções que de fato resolvam o problema. Determinar a área para transferência do estacionamento da frota da Expresso é apenas um deles. Em qualquer outra área, que não seja a do Bosque do Tamanduá, haverá a falta de infraestrutura que tem que ser providenciada, o que demanda tempo e dinheiro.

Os vereadores se colocaram à disposição para auxiliar a administração no que for necessário para que os empresários decidam por uma das outras possíveis áreas apresentadas pelo prefeito, embora entre uma delas a administração terá que arcar com a desapropriação.

As conversas entre Becão e os representantes da Expresso têm sido mantidas desde o início da gestão, inclusive com a possibilidade da empresa colaborar com parte dos valores de desapropriação de uma nova área nas margens da SP-215, pois a área reservada no Bosque do Tamanduá dificultará muito o acesso de entrada e saída dos caminhões, o que tornará o empreendimento inviável.

Todos saíram da reunião bastante confiantes e os empresários deixaram claro que querem resolver a situação, mas que no momento não existe outra alternativa a não ser estacionar os veículos aonde estão, devido ao risco de roubos e furtos que já acometeram os bens da empresa.





Voltar




 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados