Descalvado, 23 de Julho de 2018 Busca:   
Região

Mulher confessa abandono de bebê recém-nascida em aterro de Pirassununga

26/10/2017

Criança foi encontrada morta na segunda-feira [23]. Mãe diz estar arrependida e será indiciada por infanticídio e ocultação de cadáver, segundo a Polícia Civil.



A mãe da menina recém-nascida encontrada morta no aterro no aterro sanitário de Pirassununga, na segunda-feira [23] se entregou à polícia e confessou o crime. Ela se diz arrependida e vai responder por infanticídio e ocultação de cadáver, segundo a Polícia Civil.

A mulher, que não teve a identidade e a idade divulgados, procurou o 1º Distrito Policial na terça-feira [24]. Em depoimento, a mãe, que tem outros seis filhos, disse que estava passando por problemas pessoais e psicológicos e decidiu deixar a filha no aterro, logo após ela nascer, na sexta-feira [20]. Ela também confessou que colocou o pano na boca da criança.

De acordo com a Polícia Civil, a mulher disse que estava arrependida e sentindo muita culpa e, por isso, procurou a delegacia para confessar o crime. Ela foi ouvida e responderá pelos crimes em liberdade.

O caso
O corpo da bebê foi encontrado por um funcionário do aterro, que chamou a polícia. A criança estava enrolada em um cobertor e com uma camiseta dentro da boca. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal [IML] de Limeira [SP] e exames devem apontar as causas da morte.

G1





Voltar




 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados