Descalvado, 17 de Dezembro de 2017 Busca:   
Brasil e Mundo

Os donos da Argentina: Descalvadenses são campeões no Sul-Americano de Powerlifting

02/12/2017

Campeonato de supino, levantamento terra e powerlifting aconteceu em Córdoba, na Argentina, onde nossos atletas fizeram história

Quatro atletas descalvadenses e oito títulos de campeões, além de pelo menos outros quatro pódiuns e a classificação direta para o Campeonato Mundial de Powerlifting que acontece no próximo ano, na Hungria. Literalmente fizeram ‘história’ na terra de ‘nuestros hermanos’! Esse é o resultado obtido por Mônica Nogueira, Reginaldo Raimundo, Hilton Otaviano Mazzaro e Marcelo Detomazzi, todos atletas residentes de Descalvado e que de 23 a 26 de novembro estiveram em Córdoba, na Argentina, representando nossa cidade e o Brasil. Mas não estiveram só: juntou-se a eles o atleta Paulo Thiago Siqueira Assoni, residente em São Paulo, e que no Campeonato Sulamericano de Powerlifting compôs a Equipe Monsters Descalvado, também conquistando o mais alto lugar do pódium.

A competição, de altíssimo nível, reuniu atletas de diversas localidades e países entre os quais, além de Brasil e Argentina, Chile, Colômbia e Uruguai. Técnica, força, garra, exaustivos treinos e a superação de obstáculos como por exemplo a falta de recursos [patrocínio suficiente] foram algumas das estratégias utilizadas pelos atletas para chegarem na ‘casa dos adversários’ e fazerem bonito.

A conquista individual de cada um – todos com pódium e medalhas, além de recordes – classificou o Brasil ao vice-campeonato geral do Sulamericano, um mérito em sua grande parte conquistado pelos descalvadenses. A experiência de fazer parte de uma competição internacional representando toda uma nação tem motivado os atletas a quererem mais.

“Foi um sonho realizado a nossa primeira participação em uma competição desse nível. Um enorme prazer poder representar nossa cidade e nosso país e mostrar que somos capazes sim de irmos cada vez mais longe e conseguir resultados. Só temos que agradecer a todos que torceram por nós, que acreditaram em nós e principalmente a todos aqueles que nos ajudaram a estar no Sulamericano”, disse Mônica Nogueira, que além de atleta é locutora de rádio e agora Campeã Sulamericana de Supino e Campeã Sulamericana de Powerlifting em sua categoria de até 82,5 kg.

O sentimento da atleta é compartilhado por seus companheiros. “Não tem explicação, é muito gratificante estar no pódio e representar nossa cidade, o nosso país”, destacou Marcelo Detomazi.

Mas, um fator a mais neste campeonato tornou a vitória um pouco mais especial. “Sempre existe uma rivalidade entre brasileiros e argentinos e ganhar na casa deles, quebrando a arrogância e a prepotência de alguns não tem preço”, comemorou o atleta Paulão que ainda complementou: “mas o bacana para mim foi representar a família Monsters Descalvado. Eu só tenho a agradecer a todos esses grandes parceiros”.

Hilton também usou do mesmo tom para descrever a sua participação na competição internacional: “É difícil em palavras descrever a emoção, alegria, satisfação; é uma mistura de sentimentos, ainda mais ganhando dos argentinos!!! É um orgulho representar Descalvado, São Paulo e o Brasil, saindo vitorioso em várias modalidades, superando meus limites e podendo mostrar que qualquer pessoa que se dedique, lute e tenha fé, um dia chega lá....chega onde quiser”.

Em Descalvado, os campeões sul-americanos chegaram na madrugada da terça-feira [28 de novembro] e, aos poucos, nas ruas e nas redes sociais, estão tendo os seus feitos reconhecidos. De volta para casa, apenas alguns dias de descanso, mas, todos eles voltaram já na quinta-feira aos treinos, haja vista que agora a meta é o campeonato mundial na Europa Central [Hungria], muito distante quilometricamente falando [9.800 km do Brasil ou 14/12 horas de vôo] mas, não distante do sonho desses campeões descalvadenses.

A COMPETIÇÃO E A EQUIPE MONSTERS DE DESCALVADO - Força, disposição e muita preparação física e mental são elementos necessários para um atleta de PowerLifting, um esporte de força que se completa com três modalidades que podem ser feitas em sequência ou isoladamente: o agachamento, o supino e o levantamento terra.

E assim aconteceu na Argentina no último final de semana. Nossos atletas competiram em modalidades individuais e no Powerlifting, que soma a execução de todos eles juntos. A Equipe Monster Descalvado na ocasião esteve representada pelos descalvadenses Hilton, Marcelo, Monica e Reginaldo e o atleta paulista Paulo Thiago, porém, outros dois atletas locais foram convocados para a competição, sendo eles Jaider Ramos e Alex Laguna, que não participaram em decorrência da limitação de recursos financeiros, além de Ana Paula Galvão por sua recente gestação e Eduardo Mazzaro, que se recupera de uma lesão na coluna.

A Equipe Monsters Descalvado é formada ainda por Doodo Silva, Lucão e Aedyl Lago que está retornando com tudo para 2018, trazendo consigo seu filho de apenas 05 anos. Nem todos os seus membros são atletas do Powerlifting [que reúne as três modalidades], há aqueles que se dedicam apenas ao supino ou ao agachamento terra mas, a intenção de acordo com Hilton Mazzaro, é a de incentivar a sua prática para que haja um maior número de atletas desse segmento do halterofilismo.

Raio x dos atletas e suas conquistas no Sulamericano de Powerlifting
Toda dedicação, determinação, esforço e a luta empenhados para chegar até a Argentina valeram a pena. Os feitos dos atletas descalvadenses são inéditos na história do esporte local. Antes de embarcarem para a Argentina, Mônica, Reginaldo, Marcelo e Hilton tiveram que se mobilizar para garantir os recursos da viagem. Conseguiram o apoio de alguns comerciantes e empresários locais, além dos poucos patrocinadores e apoiadores que possuem. Fizeram rifas, chamaram a atenção da população e assim conseguiram arcar com uma parte dos gastos. A falta de apoio ou patrocínio ainda é uma das maiores dificuldades enfrentadas pelos mesmos que garantem: ‘não irão desistir’. Até porque, o ‘Mundial de Powerlifting’ na Hungria, os espera em 2018.

Confira a seguir as conquistas individuais da Equipe Monster de Descalvado, na Argentina:

MÔNICA NOGUEIRA
29 anos, adepta do esporte há 01 ano e filiada à Confederação Brasileira de Powerlifting [GPC – Global Powerlifting Committe].
Na Argentina foi:
- campeã no Supino, levantando 82 quilos
- campeã Powerlifting somando um total de 340 kg, ambos títulos na categoria até 82,5kg
Com o resultado, foi classificada para participar do Campeonato Mundial na Hungria, em 2018.
Junto de seu esposo [o também atleta de Powerlifting Reginaldo], ela treina na Fazenda São Francisco, onde reside um familiar.
Seus patrocinadores/apoiadores são: Farmais, Lojas Marilú, Ótica A Pirâmide, Naturalis e Espaço Bem Estar.

REGINALDO RAIMUNDO
42 anos, adepto ao esporte há um ano e filiado à Confederação Brasileira de Powerlifting [GPC – Global Powerlifting Committe].
Na Argentina foi:
- campeão no Levantamento Terra com 252 kg
- campeão no Powerlifting somando um total de 583 quilos na categoria Master 1
- Recorde Sulamericano no Levantamento Terra do Powerlifting com 263 kg
Está classificado para o Mundial na Hungria.
Além dos patrocinadores/apoiadores da Equipe Monster, o atleta conta com o acompanhamento e orientação de Paolo Altoé – Nutrição e Otimização Metabólica

PAULO THIAGO SIQUEIRA ASSONI [PAULÃO]
34 anos, praticante do esporte há 04 anos e filiado à Confederação Brasileira de Powerlifting [GPC – Global Powerlifting Committe]. É de Taboão da Serra, professor/coordenador técnico de duas unidades da San Diego American Fitness [santo Amaro e São Luís]
Representando a Equipe Monsters Descalvado, ele foi:
- campeão Powelifting categoria + 140 kg
- recordista Sulamericano de Agachamento com 350 kg
- melhor atleta Raw
“Em primeiro lugar quero agradecer a Deus pois, me recuperar de uma lesão que tive há 02 anos e voltar a competir em alto nível em 2017, só Ele mesmo. Agradecer a minha família com seu apoio incondicional – minha esposa Camila Assoni, minha filha Gabriela e aos meus pais Claudemir e Maria de Lourdes -; à academia San Diego American Fitness, ao meu patrocinador Now! Nutrição Esportiva na pessoa de seu proprietário Carlos Cohenca e a Fito Fórmula, que me forneceu vitaminas e todo aporte necessário.

MARCELO DIEGO DETOMAZI
33 anos, adepto ao esporte há um ano e filiado à Confederação Brasileira de Powerlifting [GPC – Global Powerlifting Committe].
Suas conquistas no Sulamericano:
- campeão Sulamericano no Supino Raw
- 3º colocado no Levantamento Terra Raw, ambos na categoria até 110 kg
- 4º lugar no Powerlifting até 110 kg
Também está classificado para o Mundial na Hungria. Marcelo treina na Academia Equilíbrio e irá retomar seus treinos, na próxima semana.
Para o campeonato na Argentina, contou com o apoio e patrocínio de Farmais, Naturalis, Vansil, Loja Marilu, Supermercado Franzin, Supemercado Doni, Paolo Altoé, Espaço Bem Estar, Academia Equilíbrio, Uniprev, Território da Saúde, Panificadora Flor do Trigo, Ótica Pirâmide, Vereadores Reinaldo Ninja e Vagner Basto, Nanimo Koi e Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Esportes, Lazer e Turismo.

HILTON OTAVIANO MAZZARO
27 anos, adepto ao esporte há 03 anos e federado há 01 ano e meio à Confederação Brasileira de Powerlifting [GPC – Global Powerlifting Committe].
Na Argentina foi:
- campeão Levantamento Terra com 250 kg
- campeão no Supino Raw com 170 kg
- vice campeão no Powerlifting totalizando 627,5 quilos – todos esses três na categoria Open de 75 a 82,5 kg
- vice campeão Supino Equipado com 180 kg, na categoria Open de 82,5 a 90 kg
- melhor atleta por coeficiente no Supino Raw.
Hilton treina na Academia Equilíbrio, onde disse ter uma extraordinária evolução. Ele, que retornou aos treinos já na quinta-feira [30/11], disse se sentir motivado para, através da Equipe Monsters Descalvado, alcançar o mais alto lugar do pódium em setembro de 2018 no Mundial da Hungria.
“Eu agradeço primeiramente à Deus, a meus grandes amores que são minha família – meus pais Ivan e Geni, meus irmãos Eduardo e Henrique; meu amor Claide Lago que é uma pessoa especial e que sempre me motivou; à minha assessora Jaqueline Fonseca a qual me motiva sempre; aos meus patrocinadores Paulo Mazaro terapeuta do Espaço Bem Estar e Paolo Altoé da Nutrição e Otimização Metabólica, que são os responsáveis pela minha alta performance muscular e nutrição. Quero agradecer ao apoio da Academia Equilíbrio, Supermercado Franzin, Supermercado Doni, Território da Saúde Suplementos, Nanimo Koy, Panificadora Flor do Trigo, Uniprev, Royal Canin, Farmais, Ótica Pirâmide, vereador Reinaldo Ninja e Prefeitura Municipal, que ajudaram a mim e aos demais da equipe a suprir os gastos desta competição”.

POR JAQUELINE FONSECA




Voltar


Os donos da Argentina: Descalvadenses são campeões no Sul-Americano de Powerlifting


 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2017 - Todos os direitos reservados