Descalvado, 21 de Novembro de 2018 Busca:   
Descalvado

Psicultores e propriedades rurais ligadas à aquicultura devem preencher a Declaração de Conformidade da Atividade Aquícola

07/04/2018

Desde o ano passado, o governo estadual implementou uma série de medidas para impulsionar a aquicultura paulista, como a Guia de Trânsito Animal eletrônica [e-GTA] e a emissão a Declaração de Conformidade da Atividade Agropecuária [DCAA] para a aqüicultura. Essas ações tem por objetivo simplificar o licenciamento ambiental, facilitar a emissão de documentos e licenças para que os pequenos produtores possam exercer a atividade.

Para aqueles que se dedicam à aquicultura, como piscicultores, ranicultores e criadores dos mais variados animais aquáticos como mariscos, ostras, algas, entre outros, a Secretaria de Agricultura e Abastecimento [SAA] do Estado de São Paulo, por meio da Coordenadoria de Assistência Técnica Integral [CATI], passou a disponibilizar no site da instituição o formulário para a Declaração de Conformidade da Atividade Aquícola [DCAA]. Desde fevereiro de 2017, aqueles que têm uma dessas atividades previstas precisam fazer a declaração. A medida integra as ações do Programa de Modernização e Desburocratização da Agricultura - Agrofácil SP, que pretende facilitar os procedimentos para a execução das atividades agropecuárias pelos produtores rurais.

Para aqueles exercem alguma das atividades relacionadas à aquicultura, o prazo para o preenchimento da DCAA se encerrou no dia 31 de outubro do ano passado. Desde então, os proprietários ou arrendatários de propriedades que exercem essas atividades estão sujeitos a fiscalização, estando, portanto passíveis de receberem uma autuação pelo órgão de fiscalização.

Adriana explicou também que esse “foi um ganho” para os aquicultores e o Estado de São Paulo é pioneiro em facilitar o licenciamento da atividade para aqueles que produzem em menor escala. A responsável pela CATI no município disse que a Declaração não dispensa o produtor de todas as outras obrigações, o que abrange tirar todas as licenças necessárias, outorga da água, licença para exercer a atividade em água da União, entre outras. “O produtor deve estar atento a tudo isso para não incorrer em erros que podem prejudicar a sua licença e até acarretar multas”, afirmou.

“O licenciamento foi dividido em três níveis conforme a escala de produção. O primeiro é a DCAA, este ato declaratório agora disponibilizado pela CATI. A seguir, ultrapassando as escalas determinadas para cada atividade em específico, e que podem ser encontradas no próprio link, vem o Licenciamento Simplificado e, para escalas maiores de produção em quaisquer das atividades, o Licenciamento Pleno; estes dois últimos devem ser feitos junto à Companhia Ambiental do Estado de São Paulo [Cetesb]”, explica Adriana.

“A DCAA é autodeclaratória, portanto o interessado, seja proprietário ou arrendatário, deve abrir o link, preencher a Declaração, inserindo todos os dados solicitados e ir à Casa da Agricultura do seu município ou à Regional CATI à qual o município esteja vinculado”, explica a Chefe da Casa da Agricultura de Descalvado, Adriana Amaral de Oliveira Bueno.

Ainda explanou que esta era uma antiga reivindicação dos aquicultores porque a Declaração de Conformidade já existia para várias atividades agropecuárias, como produção de milho, soja, entre outras, de forma adequada, mas para a aquicultura faltavam adequações ou ainda havia todo um trâmite burocrático que fazia com que o licenciamento da atividade se tornasse muito demorado. “Agora, tendo a DCAA preenchida, o produtor, proprietário ou arrendatário deve comparecer à Casa da Agricultura ou a qualquer Escritório Regional [CATI Regional] levando carteira de identidade, o Cadastro de Pessoa Física [CPF], o CNPJ Rural e a escritura da propriedade ou o contrato de arrendamento, conforme for o caso. Para quem não tem acesso à internet a declaração pode ser preenchida diretamente na Casa da Agricultura.

Todas as informações sobre a Declaração de Conformidade da Atividade de Aquicultura [DCCA] podem ser encontradas no site da CATI, no endereço eletrônico http://www.cati.sp.gov.br/portal/produtos-e-servicos/declaracao-de-conformidade-da-atividade-de-aquicultura-dcaa.





Voltar




 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados