Descalvado, 21 de Julho de 2018 Busca:   
Descalvado

Greve leva à falta de combustível em postos de Descalvado

23/05/2018

Escassez de gasolina teve início no começo da noite desta quarta-feira em alguns postos da cidade



Depois da falta de combustível ocorrida em algumas cidades da região e nos grandes centros do Estado de São Paulo, chegou a vez de Descalvado enfrentar a crise da falta de combustível, pois em alguns postos da cidade já não é mais possível o abastecimento com gasolina, e em outros, o estoque de etanol e diesel encontram-se no limite.

Desde o final da tarde e o início da noite desta quarta-feira, 23, foi possível ver que em praticamente todos os postos de combustível de Descalvado diversos carros formavam filas pelas ruas, no objetivo de garantir o abastecimento de seus veículos, assegurando assim que seus carros tenham condições de rodar por mais alguns dias.

A falta de combustível nos postos se deu pelo fato dos caminhoneiros terem se unido em greve, que já dura três dias, paralisando as entregas de praticamente todo tipo de mercadoria, em incontáveis pontos do país. Com seus caminhões, eles interditaram diversas rodovias e vias de acesso, no objetivo de forçar a baixa nos preços de combustível, que vem acumulando grandes altas nos últimos meses.

Governo anuncia redução de 10% no diesel
A paralisação dos caminhoneiros atingiu em cheio o Governo Federal, que anunciou na noite de hoje a redução de 10% do preço no diesel nas refinarias, e de acordo com comunicado divulgado pela Petrobrás, o preço cairá para R$ 2,1016 o litro e permanecerá assim por 15 dias.

A medida, segundo a Petrobrás, é de caráter excepcional e visa permitir que o governo e os representantes dos caminhoneiros tenham tempo para negociar um acordo. Após os 15 dias, a estatal retomará aos poucos a política de reajustes dos preços do combustível.

A redução de 10% não se aplica à gasolina, que também tem os preços nas refinarias controlados pela Petrobrás.

Na manhã desta quarta, a Petrobras já havia anunciado uma redução de 1,15% no preço do diesel, a R$ 2,3083 por litro, enquanto a gasolina foi reduzida em 0,62%, para R$ 2,0306 por litro, nas refinarias. Os novos preços entram em vigor a partir desta quinta-feira, 24.

O alto preço dos combustíveis e o custo com os pedágios influenciam diretamente em todos os produtos que o brasileiro consome, pois no custo de venda de cada produto, além dos demais custos, está também o custo de entrega, e certamente o custo de transporte encarece em demasia os preços das mercadorias que consumimos nos supermercados.

É preciso que haja, por parte do Governo Federal e Estadual, uma política de readequação de custos de transportes, pois assim, haverá uma verdadeira redução nos preços praticados pelo comércio em praticamente todos os produtos e serviços.

Com informações: Folha de São Paulo




Voltar


Greve leva à falta de combustível em postos de Descalvado


 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados