Descalvado, 25 de Junho de 2019 Busca:   
Descalvado

Prefeitura reitera notificação à empreiteira responsável pela duplicação da Mário Bonitátibus

17/05/2019

Via recentemente duplicada vem apresentando pontos que necessitam de reparos. Laudos de controle tecnológicos e resultados de ensaios que atestam a qualidade da camada asfáltica também foram requisitados.


A Prefeitura Municipal de Descalvado, através da Secretaria de Planejamento, Desenvolvimento, Obras e Serviços Públicos [SPDOSP], reiterou nesta semana, a notificação encaminhada no último dia 29 de abril, à empresa Lopes e Pécora Construções, Terraplanagem e Pavimentação Ltda, responsável pela execução dos serviços de infraestrutura urbana de guias, sarjetas e pavimentação asfáltica da nova via da Rua Mário Bonitátibus, recentemente liberada para o trânsito de veículos. O documento solicita da empreiteira o encaminhamento dos Laudos de Controle Tecnológico e os resultados dos ensaios realizados, atestando a qualidade da capa asfáltica, inclusive da espessura final da pavimentação.

Poucos dias após ser liberada para o tráfego de veículos, surgiram na nova camada de asfalto dois pontos onde o serviço de pavimentação acabou apresentando problemas na sua execução, como o surgimento de pequenas rachaduras. A possibilidade do surgimento das fissuras já havia sido antecipada pela própria empreiteira, ainda durante a fase de execução do serviço.

Segundo um dos representantes da Lopes e Pécora, em razão das condições do solo do local e da grande umidade na região, poderiam dar causa ao ‘emborrachamento’ da camada asfáltica, fato que se comprovou poucos dias após a conclusão da obra. Tão logo o problema foi detectado pela equipe da SPDOSP, - e no mesmo dia em que foi comunicada -, a empreiteira providenciou os reparos necessários e aproveitou para captar as amostras requisitadas pela Secretaria de Obras, a fim de comprovar a qualidade do serviço.

Porém, na última semana, um novo problema acabou surgindo, fato que motivou a reiteração do pedido para a apresentação dos laudos solicitados. De acordo com a Secretaria de Obras, o local agora vem apresentando problemas com o surgimento de vegetação [ervas daninhas] em meio à camada de asfalto. O órgão pediu urgência na entrega dos laudos para atestar a qualidade do asfalto utilizado, e um relatório propondo as soluções técnicas para os problemas existentes. A Lopes e Pécora têm agora cinco dias para responder à nova notificação.

ENTENDA O CASO – Em meados de 2018, a Prefeitura lançou o Edital de Tomada de Preços N.º 007/18, para a contratação de empresa especializada para a execução dos serviços de mão-de-obra, com fornecimento de materiais de primeira linha, para as obras de ‘Infra Estrutura Urbana de Guias, Sarjetas e Pavimentação Asfáltica’, na segunda via da Rua Mário Bonitátibus, principal ligação entre os bairros Morada do Sol e Vila Franco, na região oeste de Descalvado.

A obra foi realizada através de um convênio celebrado com o governo do estado de São Paulo, e a empresa vencedora da licitação foi a Lopes e Pécora Construções, Terraplanagem e Pavimentação Ltda, bastante conhecida em todo o interior do estado pela excelência na prestação e execução dos seus serviços. O contrato [no valor de R$ 166.998,71] foi assinado no dia 30 de julho de 2018, e o serviço teve início no dia 22 de abril deste ano.

Vale ressaltar que por se tratar de convênio junto ao governo do estado, foi necessária a apresentação de um projeto técnico detalhado, que somente após ser devidamente analisado e aprovado, pôde ser executado. O contrato também foi encaminhado para o Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, para fins de instrução e julgamento, onde também foi aprovado.

Dentre as cláusulas do contrato firmado entre a Prefeitura e a empreiteira, estão aquelas que determinam o acompanhamento e a fiscalização por parte do Poder Público, por intermédio da Secretaria de Obras, através de uma equipe constituída para este fim. Vale ressaltar que, apesar de estar liberada para o trânsito, a obra ainda não foi oficialmente entregue pela empresa, tampouco paga, razão pela qual a equipe de fiscalização da SPDOSP pode – e deve – relatar em tempo hábil, ocorrências e circunstâncias que possam comprometer a qualidade dos serviços.

Além disso, o contrato também prevê que a equipe de fiscalização poderá rejeitar todo e qualquer serviço de má qualidade ou não especificado, e estipular prazo para a sua retificação, o que está sendo feito pelo Poder Público Municipal.

Por fim, vale ressaltar que a obra possui garantia de cinco anos, contados a partir do seu recebimento oficial, e após ser atestada pela equipe de engenharia do governo estadual.





Voltar




 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2019 - Todos os direitos reservados