Descalvado, 05 de Julho de 2020 Busca:   
Descalvado

Descalvado ocupa o 13º lugar em Gestão Fiscal na região central de SP, à frente de São Carlos, Araraquara e Rio Claro

08/11/2019

Descalvado ficou na 215ª colocação no ranking paulista do Índice Firjan de Gestão Fiscal [IFGF] ao conquistar a nota 0,6272 na lista que compreende os 645 municípios do Estado de São Paulo. O estudo foi elaborado pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro [Firjan], com base em dados fiscais oficiais de 2018. O levantamento aponta que o município conquistou conceito de “Gestão de Excelência” em Autonomia, e de “Boa Gestão” em Gastos com Pessoal e Liquidez. Na classificação geral, a Prefeitura de Descalvado ficou com o selo de ‘Boa Gestão’.

A constatação de que Descalvado conquistou o conceito de “Boa Gestão” do IFGF veio com a divulgação do levantamento feito com base em dados oficiais repassados pelas próprias prefeituras à Secretaria do Tesouro Nacional [STN]. O resultado foi divulgado no último dia 31 de outubro pela Firjan, após analise das contas de 2018 de 5.337 municípios brasileiros.

No estudo – que tem o intuito de apresentar os desafios para a gestão municipal -, são avaliados os indicadores de Autonomia, Gastos com Pessoal, Liquidez e Investimentos. O indicador de Autonomia verifica a relação entre as receitas vindas da atividade econômica do município e os custos para manutenção da estrutura administrativa.

Segundo os dados a Firjan, entre os 42 municípios da região central de SP, Descalvado ocupa a 13ª posição do Índice Firjan de Gestão Fiscal, estando à frente de cidades como Porto Ferreira, Araraquara, Pirassununga, São Carlos, Rio Claro e São João da Boa Vista. O índice varia de 0 a 1 ponto, sendo que quanto mais próximo de 1, melhor a situação fiscal do município.

Para o Prefeito Becão, a boa colocação no ranking estadual, e, sobretudo, a excelente colocação no ranking regional do levantamento da Firjan, demonstra o comprometimento da equipe de governo em fazer uma gestão com muita seriedade e responsabilidade com as contas públicas. “Trabalhamos com seriedade. O resultado é um controle eficiente sobre as despesas da Prefeitura de Descalvado, buscando ampliar cada vez mais as receitas para dar mais autonomia ao município. Isso comprova que estamos no caminho certo”, destacou o prefeito.

De acordo com a Firjan, o Estado de São Paulo possui gestão fiscal favorável comparado à média nacional, mesmo com predominância de cidades com gestão fiscal em dificuldade. O IFGF apresenta um cenário dividido para a gestão fiscal das cidades paulistas em 2018. Se por um lado, a maior parte das cidades analisadas apresentou situação fiscal difícil, por outro, a análise comparativa coloca Descalvado e outros municípios paulistas em uma posição favorável em relação ao agregado do país.

Outro resultado apresentado pelo IFGF é que dentre as prefeituras brasileiras em situação crítica, 1.856 [34,8% delas] receberam nota zero em Autonomia, o que significa que elas sequer conseguem custear os gastos básicos da máquina pública. Segundo a Firjan, estas cidades que não se sustentam arrecadam, em média, R$ 3 milhões por ano, mas têm gasto médio de R$ 4,5 milhões com a estrutura administrativa.





Voltar




 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2020 - Todos os direitos reservados