Descalvado, 09 de Dezembro de 2019 Busca:   
Descalvado

Procon alerta comerciantes sobre o ‘golpe da lista telefônica’

30/11/2019

O Procon de Descalvado emitiu um alerta para que os comerciantes da cidade fiquem atentos à incidência do chamado ‘golpe da lista telefônica’. Nos últimos anos, diversos empresários descalvadenses já tiveram algum prejuízo com este tipo de ação criminosa.

De acordo com o coordenador do Procon de Descalvado, Ademir Colombo, nos últimos dias comerciantes locais tem procurado pelo órgão para reclamar e buscar orientações quanto aos insistentes contatos de um suposto representante da empresa Listel, afirmando, por meio de ligações telefônicos, tratar-se de uma parceria junto ao Procon para serviços em lista telefônica.

Ainda segundo os relatos desses comerciantes, a pessoa que diz ser representante da Listel afirma que presta serviços de atualização cadastral para a lista telefônica, momento em que consegue obter os dados da empresa local. De posse desses dados, o suposto representante passa a ofertar uma espécie de anúncio na lista [com direito a veiculação também pela internet] por meio de valores irrisórios, divididos em 10 parcelas e debitados na conta telefônica da vítima do golpe.

Insistente, o golpista acaba convencendo os comerciantes a fecharem o anúncio, porém, ao enviar o “contrato de prestação de serviços”, o valor descrito no documento é muito maior do que aquele que havia sido ofertado inicialmente. Sem se atentar ao detalhe, o comerciante [ou um dos funcionários da empresa] assina o contrato e o devolve digitalizado, dando aspecto de formalidade ao negócio fraudulento.

Após obter a assinatura do contrato, o suposto representante da Listel não faz mais nenhum contato por algum tempo, quando então passa a realizar uma série de cobranças [algumas delas em tom de ameaça] do falso contrato de anúncio em lista telefônica. Dentre as ameaças por meio de ligações telefônicas, o golpista afirma que caso não pague pelo serviço fraudulento, a empresa será negativada junto aos órgãos de proteção ao crédito, além de ser protestada em cartório e de ter sua a conta bancária bloqueada.

Com medo de ter o cadastro da empresa negativado junto aos órgãos de proteção ao crédito, alguns comerciantes acabam cedendo e depositando dinheiro em uma conta-poupança na Caixa Econômica Federal, em nome Maria Andreia Massari. Um documento do 1º Distrito Policial da Comarca de Sumaré aponta que a titular desta conta-poupança possui 25 inquéritos policiais somente na cidade de Campinas, pela prática de estelionato, além de figurar como ré em diversas ações penais pelo mesmo crime.

Colombo alerta também que o Procon não faz parcerias com empresas de anúncio em lista telefônica, bem como não autoriza, sob nenhuma circunstância, a oferta de qualquer produto ou serviço utilizando o nome ou a logomarca da Fundação.

Por fim, o Procon também dá as seguintes dicas para os comerciantes:
- Certifique a procedência e a veracidade da oferta feita, para saber ainda se o fornecedor realmente representa uma empresa verdadeira e se faz parte do quadro de colaboradores de onde alega trabalhar. Caso seja necessário, ligue na empresa;
- Exija informações completas e todos os dados a cerca da oferta;
- Procure saber quais as penalidades por quebra de contrato;
- Não faça pagamentos sem ter certeza absoluta do que irá contratar;
- Observe todas as cláusulas e condições estipuladas no contrato de prestação de serviço antes de assinar qualquer documento.





Voltar




 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2019 - Todos os direitos reservados