Descalvado, 02 de Abril de 2020 Busca:   
Descalvado

Chega a quatro o número de casos de dengue confirmados em 2020

08/03/2020

Um balanço divulgado esta semana pela Secretaria de Saúde apontou que do início do mês de janeiro até o dia 28 de fevereiro, o município de Descalvado registrou um total de 4 casos confirmados de dengue. Ainda de acordo com o relatório, dos 4 casos confirmados, 3 são de pacientes residentes na área rural do município, e apenas 1 da área urbana. Além destes, outros 13 resultados de pacientes com suspeita da doença deram negativo.

Apesar do levantamento rápido referente à infestação pelo mosquito Aedes Aegypti, divulgado no mês de janeiro, ter apontado um Índice de Breteau [IB] de 8,6% - o que deixou a cidade em situação de ‘Risco de Surto’ na escala de classificação do Ministério da Saúde para transmissão de dengue, zika vírus e febre chikungunya -, o número de casos confirmados até agora é um dos mais baixos da região. ‘Mas isso não é sinônimo de uma boa notícia. Temos que eliminar drasticamente o número de criadouros do mosquito para afastar o risco de surto da doença’, alertou a equipe do Departamento de Controle de Vetores da Secretaria de Saúde.

O Levantamento Rápido de Índices para o Aedes aegypti [LIRAa] é uma metodologia que permite o conhecimento de forma rápida, por amostragem, da quantidade de imóveis com a presença de recipientes com larvas de Aedes aegypti, mosquito transmissor da Dengue, Chikungunya, Febre pelo vírus Zika e Febre Amarela. Na primeira avaliação do ano sobre a densidade larvária para obtenção do IB, foram encontrados 58 criadouros com larvas, dentre os 593 imóveis visitados.

VISISTA DOS AGENTES DE SAÚDE NESTE SÁBADO - Mantendo o cronograma de visitas nos imóveis e residências de Descalvado, neste sábado [7], as equipes de Controle de Vetores estarão visitando as residências localizadas nos bairros Jardim Colonial, Recanto dos Ipês I e II e adjacências.

A Secretaria de Saúde pede a colaboração de todos os moradores destes bairros, de forma a permitir a entrada dos agentes de saúde em suas casas para o trabalho de vistoria e orientação sobre possíveis dúvidas a respeito da doença e de como evitar a proliferação do mosquito transmissor.

TRSNSMISSÃO DA DOENÇA - A transmissão da dengue, zika e chikungunya ocorre pela picada do mosquito Aedes aegypti. Com hábitos diurnos, o mosquito se alimenta de sangue humano, sobretudo ao amanhecer e ao entardecer. O inseto tem, em média, menos de um centímetro de tamanho, é escuro e com riscos brancos nas patas, na cabeça e no corpo.

Para se reproduzir, ele precisa de locais com água parada, que é onde ele deposita os ovos. O verão, com as altas temperaturas e o aumento das chuvas, é propício para a proliferação do inseto. Por isso, o setor de Controle de Vetores da Prefeitura Municipal de Descalvado reforça que o cuidado para evitar a sua proliferação busca eliminar esses possíveis criadouros, impedindo o nascimento do inseto.

Entre as medidas, recomenda-se:

- Tampar caixas dágua, tonéis e latões;
- Guardar garrafas vazias viradas para baixo;
- Guardar pneus sob abrigos;
- Não acumular água nos pratos de vasos de plantas e enchê-los com areia;
- Manter desentupidos ralos, canos, calhas, toldos e marquises;
- Manter lixeiras fechadas;
- Manter piscinas tratadas o ano inteiro.





Voltar




 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2020 - Todos os direitos reservados