Descalvado, 26 de Maio de 2020 Busca:   
Descalvado

Segue a preocupação com o mosquito Aedes Aegypti

29/04/2020

A chegada do outono e a queda nas temperaturas não significam que a população deve “baixar a guarda” em relação aos cuidados com a proliferação do Aedes Aegypti. Há cerca de 15 dias, o departamento de Controle de Vetores da Prefeitura de Descalvado alertou que o número de casos na cidade havia aumentado quase 650% em um período de pouco menos de 2 meses.

O trabalho de monitoramento dos agentes de endemia e de conscientização da população continua, e o objetivo é diminuir os índices de proliferação de focos de mosquito em Descalvado. O boletim da Secretaria de Saúde emitido nesta quarta-feira informava que dos 54 casos notificados da doença, 23 tiveram o resultado positivo confirmado para dengue, sendo que 1 ainda aguarda o resultado. Outros 30 casos suspeitos já foram descartados.

No último levantamento rápido deste ano, referente à infestação pelo mosquito Aedes Aegypti, o Índice de Breteau [IB] ficou em 8,6%, inserindo a cidade na situação de ‘Risco de Surto’ na escala de classificação do Ministério da Saúde para transmissão de dengue, zika vírus e febre chikungunya.

O Levantamento Rápido de Índices para o Aedes Aegypti [LIRAa] é uma metodologia que permite o conhecimento de forma rápida, por amostragem, da quantidade de imóveis com a presença de recipientes com larvas do mosquito. Dentre os bairros onde houve incidência de criadouros do mosquito estão o Ricardo Cesar, Santa Cruz, São Cristóvão, Vila Melki, São Sebastião, Cambará, Tamanduá, Jardim Lago, São Benedito, Bela Vista, Portal dos Coqueiros, Jardim Belém, Albertina, Recanto dos Ipês, Parque Vitória, além é claro da região central.

A equipe do Controle de Vetores também informou estão sendo encontrados criadouros em latas, bebedouros de animais, pratos e vasos de plantas, dentre outros, o que reforça o pedido para que a população redobre a atenção e ajude no combate aos focos do mosquito.

Preocupação
O mês de fevereiro registrou chuva acima da média na região sudeste do país, e em especial, em todo o estado de São Paulo, fazendo com que aumentassem os riscos quanto à proliferação do Aedes aegypti.

Como medida preventiva de reforço ao conjunto de ações em desenvolvimento, a Secretaria de Saúde contratou recentemente mais 4 pessoas para a equipe de nebulização. As ações de bloqueio agora opera com um total de 13 pessoas [8 do controle de vetores e 5 agentes das unidades de saúde] durante o trabalho de visita casa-a-casa, realizado ao longo da semana e também aos sábados.





Voltar




 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2020 - Todos os direitos reservados