Descalvado, 14 de Novembro de 2018 Busca:   
Região

Corpo é encontrado carbonizado em estrada rural de Pirassununga

29/04/2011

O corpo de uma mulher foi localizado na manhã desta quinta-feira (28) na estrada rural que liga Pirassununga a Porto Ferreira. A vítima foi localizada pela Polícia Militar completamente carbonizada e com sinais de violência após denúncia recebida por pessoas que passavam pela estrada durante a manhã.

A mulher foi localizada nas proximidades da Fazenda Formosa, bairro Laranja Azeda. Por volta das 9 horas, as pessoas da região passando de carro avistaram o corpo dentro de uma cacimba utilizado para conter a água das chuvas. O corpo seria de uma jovem de estatura mediana e estava totalmente queimado e deitado lateralmente. Pelos primeiros dados colhidos pela polícia, trata-se de um caso de homicídio.

O detalhe é que a pessoa estava com as mãos amarradas pelas costas e as vísceras estavam expostas para fora da região do abdômen. Também foi encontrada a lâmina de uma faca que provavelmente foi usada no crime. Um animal teria arrancado pedaços de sua perna, já que o osso de sua panturrilha desapareceu do corpo.

Nas imediações do local do crime foi encontrado um par de luvas do tipo que é utilizado em trabalhos mais pesados e pedaços de fiação, provavelmente utilizados para amarrar a vítima. Havia no local, rastros de pneu de motocicleta.

Por enquanto a polícia não tem indícios de quem seja a vítima. Em Pirassununga não há nenhum registro de pessoa desaparecida. Estima-se que o crime tenha ocorrido na noite desta quarta-feira (27), mas ainda não foi confirmado pela Polícia Civil e nem pela Perícia.
A Polícia Militar com o cabo Dores e a soldado feminina De Souza preservaram o local e o delegado do 1º Distrito Policial, dr. João Pinheiro Neto já colheu as primeiras informações. O delegado responsável pelo Setor de Investigações Gerais – dr. Maurício Miranda de Queiroz esteve presente no local com o investigador Coradini colhendo indícios para início dos trabalhos.

O primeiro passo a ser dado pela Polícia Civil é a identificação da vítima, que deve ser feito apenas pelo exame de DNA ou de arcada dentária devido ao estado do corpo. Isso pode demorar até um mês.

Rádio Difusora

Voltar


 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados