Descalvado, 07 de Julho de 2020 Busca:   
Câmara Municipal

Marco Galetti reivindica coleta de lixo eletrônico em Descalvado

13/07/2011

Uma reivindicação do vereador Marco Antonio Galetti (PT) ganhou destaque na segunda-feira (11). Ele está requerendo a promoção de uma campanha para coleta de lixo eletrônico nas casas descalvadenses.

Ao longo da 15ª Legislatura, Marco tem mostrado preocupação com medidas de cunho ambiental no Município e nesta semana não foi diferente.

A sugestão do vereador é que o material oriundo da coleta seja vendido e o dinheiro arrecadado revertido para o Fundo Municipal do Meio Ambiente, ou senão, à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, para auxiliar as famílias carentes.

Marco fez questão de enfatizar a lei nº 12.305 que entra em vigor no próximo mês e trata sobre o Plano Nacional de Resíduos Sólidos. “Temos uma nova relação de responsabilidade solidária entre fabricantes, distribuidores, lojistas, consumidores e governos municipais sobre a destinação do lixo sólido produzido nas cidades brasileiras”, explica.

Dentre os vários tipos de lixo gerado, o vereador acredita que um merece destaque e maior preocupação, justamente o chamado lixo eletrônico. Isso porque são milhares de toneladas anuais de baterias de celulares, pilhas, impressoras e computadores que são descartados todos os anos, sem um devido controle com relação a danos ao meio ambiente.

Segundo dados da Organização das Nações Unidas (ONU), o Brasil joga em lixões a céu aberto, todos os anos, cerca de 97 mil toneladas de computadores usados. “São metais pesados em grande quantidade que, misturados a outros tipos de resíduos sólidos, produzem dejetos extremamente tóxicos. A melhor alternativa, sem dúvida, continua sendo a reciclagem”, destacou o vereador.

Segundo a propositura que apresentou ao Legislativo, a coleta poderia ser efetuada em um primeiro momento através de arrastões feitos pela Municipalidade, com datas marcadas e prévio anúncio na mídia local e carros de som pela cidade, para que os cidadãos possam se preparar para a entrega de equipamentos em desuso. “Durante a conferência do Meio Ambiente, realizada em junho, em contato com proprietários de empresa do ramo de reciclagem, tomamos conhecimento de que o material coletado pode ser comercializado”, disse.

Assim Marco indicou que o valor obtido com a comercialização dos materiais seja depositado no Fundo Municipal do Meio Ambiente ou revertido para a Secretaria de Ação Social, para auxiliar às famílias carentes e demais necessitados.

A medida visa resolver um grave problema da atualidade, que é a existência de eletrônicos encostados em algum canto das residências, seja CPU, monitores, impressoras, aparelhos de TV, som e eletrodomésticos. A expectativa de Marco é que o Poder Executivo, de fato, empreenda uma grande campanha de coleta junto aos descalvadenses.


Voltar


 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2020 - Todos os direitos reservados