Descalvado, 20 de Novembro de 2018 Busca:   
Região

Idosa de 67 anos é encontrada nua e desacordada em canavial

31/08/2011

Suspeita é que ela tenha sido dopada durante parada do ônibus que seguia para o Piauí

Uma idosa de 67 anos foi encontrada nua e desacordada em um canavial na tarde de terça-feira (30) na região próxima à baixada do Chibarro, na Rodovia Washington Luís (SP-310), em Araraquara.

Moradores do entorno avistaram a mulher e, segundo relato da delegada Meirelene de Castro Rodrigues, acionaram apoio da Guarda Municipal (GM). Em seguida, a idosa foi levada pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para a Santa Casa de Araraquara.

Com a mulher, não foi encontrado nenhum documento de identificação. Horas mais tarde, no hospital, ela reagiu e recobrou parte da consciência. Em uma conversa com a delegada, conseguiu dizer seu nome completo.

Em buscas nos registros, foi encontrado um Boletim de Ocorrência (BO) feito na segunda-feira (29) pelo filho da idosa. Segundo o documento, registrado no 4º Distrito Policial, ela havia desaparecido no domingo.

Inusitado

Segundo o Boletim de Ocorrência, no domingo (28) a idosa saiu da casa do filho em São Paulo, Capital, com destino ao Estado do Piauí, onde reside. Ela estaria a bordo de um ônibus que fez uma parada em um posto de combustíveis às margens da Rodovia Washington Luís, na entrada de Araraquara. Na parada, a idosa teria descido e não retornou mais.

Ainda não se sabe o que aconteceu com ela desde o momento da parada do ônibus até ser encontrada no canavial. "Precisamos esperar ela recobrar totalmente a consciência para nos contar o que houve. Ela ainda está em estado de choque", diz a delegada.

Na conversa preliminar, a idosa disse que teria entrado com um casal em um ‘avião azul’ e que algo foi colocado em sua boca. "São coisas desconexas que ouvimos. Talvez tenha sido entorpecida e roubada", analisa Meirelene.

Até o momento, o caso foi registrado na Delegacia da Mulher como roubo. Um médico ginecologista do hospital fez uma análise e não constatou agressão sexual. Ela apresentava apenas escoriações. "Vamos encaminhar para análise do médico legista, que dará informações conclusivas", diz a delegada.

Se não houver agressão contra a mulher, a investigação seguirá para a Delegacia de Investigações Gerais (DIG) por se tratar de crime contra patrimônio (roubo) e não contra a pessoa.

O filho da idosa veio até Araraquara para registrar o B.O. na segunda-feira. Agora, a delegada aguarda a volta dele para ajudar no esclarecimento do caso. Não há informações sobre os pertences que a mulher carregava ou, ainda, quando foi notada a falta dela na viagem.


Voltar


 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados