Descalvado, 22 de Julho de 2018 Busca:   
Esporte

Ministro diz que consumo de bebidas alcoólicas em estádios e meia-entrada estão fora da Lei Geral da Copa

30/09/2011

O ministro do Esporte Orlando Silva disse hoje (29) que o combate à pirataria e ao uso indevido da marca da Federação Internacional de Futebol (Fifa) serão fiscalizados de perto pelo governo federal. As regras para o uso da marca da Fifa estão previstas no Projeto de Lei Geral da Copa. O texto já foi encaminhado para a Câmara dos Deputados.

O ministro destacou, porém, que é a pirataria que está proibida e não o uso do símbolo da Fifa para enfeitar as ruas do país, como é costume no Brasil. “O que queremos com essa lei é combater a pirataria. Não é razoável que uma pessoa se aproprie de algo que não é seu e ganhe com isso, o que não tem nada a ver com a tradição brasileira de decorar nossas ruas”, esclareceu o ministro, em entrevista ao programa Bom Dia, Ministro, produzido pela EBC Serviços, em parceria com a Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República.

De acordo com Orlando Silva, o Projeto de Lei Geral da Copa trata também sobre outros assuntos da organização do mundial, como a concessão do visto para profissionais, visitantes e a segurança nos estádios. Segundo o ministro, ficaram de fora a questão da meia-entrada para estudantes e o consumo de bebidas alcoólicas nos estádios.

O ministro disse que não existe lei federal que trate da meia-entrada de estudantes, somente leis estaduais. Por isso, o tema será tratado diretamente com cada estado. Apenas os idosos, de acordo com o Estatuto do Idoso, têm a meia-entrada garantida nos jogos.

Em relação à venda de bebida alcoólica, Orlando Silva disse que existe uma norma da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) proibindo o consumo nos estádios.

“Alguns estados têm leis estaduais que vedam o consumo de bebidas alcoólicas, mas existe uma demanda da Fifa em relação a esse assunto e ele será tratado com muito cuidado”, explicou o ministro.

O ministro também fez um balanço da preparação do país para a Copa do Mundo de 2014. Segundo ele, todas as 12 cidades-sede já iniciaram as obras em seus estádios e oito deles estarão concluídos até o final de 2012. Os restantes ficam prontos até o fim de 2013.

As obras também começaram em oito dos 13 aeroportos das cidades-sede e, uma delas, já está concluída, no aeroporto de Viracopos em Campinas (SP).











Voltar


 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados