Descalvado, 24 de Abril de 2018 Busca:   
Música

Julio Iglesias volta ao Brasil

18/10/2011

Íntimo do público brasileiro desde 1975, o cantor espanhol Julio Iglesias (maior astro latino da canção, com mais de 300 milhões de álbuns vendidos) está de volta. Ele canta na segunda-feira (17), às 21h, no Vivo Rio, o seu mais recente CD, "1", que é todo de regravações dos maiores sucessos de uma carreira que já soma 43 anos.

- Quis gravar de novo as canções que tinha cantado mal. Eu não era um cantor por natureza, hoje sou bem melhor - diz.

Por "canções que tinha cantado mal", entenda-se "Manuela", "Devaneios", "Hey", "Me esqueci de viver", entre outras que muita gente ouviu quando criança mesmo que não quisesse - as mães as adoravam. Inclusive a do entrevistador.

- Sua mãe tem muito bom gosto - elogia Julio, ao saber da história.

Aos 68 anos, o espanhol passa tranquilamente por todos os temas propostos, num papo conduzido, de parte a parte, no mais desavergonhado portunhol. Roberto Carlos, por exemplo, ele considera sua alma gêmea.

- Temos vidas parecidas, histórias similares. Se eu posso cantar "Detalhes", ele pode cantar "Abrazame" - garante.

Homem que vive no mundo, em dezembro Julio estará em Jerusalém - onde Roberto fez seu show consagrador este ano.

- Cantei lá umas 20, 30, 40 vezes - gaba-se.

E ele não só cantou em todo mundo. Mas também cantou com todo mundo. Ou quase.

- Só me falta cantar com meu filho. Ele canta melhor do que eu - afirma.

Seria então Enrique Iglesias o seu sucessor?

- Com certeza, ele é o que tem mais possibilidades. Temos o mesmo sangue - diz.

Apesar da certeza de que hoje canta melhor do que nunca, Julio Iglesias acha que não conseguiria mais compor canções tão boas quanto as suas dos anos 1970 e 1980. Aliás, tem 15 anos que ele não faz nenhuma música.

- Naquela época havia uma emoção diferente. A vida era diferente, meu espírito era livre - explica.

Os mais novos estão aí para tentar conquistar seu público. Entre eles, Ricky Martin, o astro com appeal de latin lover, que há alguns meses assumiu a sua homossexualidade. Julio, que sabe ter muitos gays entre o seu público, elogia a coragem do porto-riquenho:

- A personalidade do Ricky é maior do que tudo. Ele tem a liberdade de falar o que sente e o que pensa. Ele é um garoto maravilhoso, está começando a viver aos 40 anos!











Voltar


 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados