Descalvado, 14 de Novembro de 2018 Busca:   
Geral

Prejuízo com os temporais? Conheça os seus direitos

03/11/2011

Em caso de queda de poste o prejuízo deve ser ressarcido pela concessionária de energia elétrica

Até o final do ano o número de temporais com ventos fortes deve aumentar por causa do verão, de acordo com a meteorologia. Infelizmente, basta a chuva cair para os estragos começarem a aparecer. Árvores são arrancadas do chão , postes caem, muros não aguentam a força do vento e casas ficam destelhadas. Sem contar a queda de energia. E os problemas podem ser ainda maiores se a sua casa e o seu carro são atingidos, ou se os seus eletrodomésticos ficam danificados. O seguro pode cobrir o prejuízo em alguns casos. Em outros, não é o consumidor que tem que arcar com o conserto. Veja o que fazer.

Verifique a cobertura do seguro

Segundo o advogado especializado em direito do consumidor Alexandre Sad Kyk, no caso do seguro de casas e veículos, o consumidor precisa verificar se a seguradora possui uma opção de cobertura para acidentes naturais. Nem todas fazem esse trabalho. Se a empresa tiver e o custo valer a pena, peça para incluir essa cláusula no seu contrato.

“Geralmente o seguro residencial tem uma cobertura para vendaval, contudo, é necessário verificar o valor da cobertura. Muitos consumidores colocam valores mínimos para baratear o seguro. Após o acidente não será possível pleitear um valor maior”, explica Alexandre.

Em caso de enchente, o consumidor que estiver de carro não deve “enfrentar” a água, pois pode perder a cobertura do seguro por agravamento de risco.

Prejuízos causados por queda de energia

Se algum aparelho eletrônico queimar ou ficar com defeito por causa da queda de um raio, o seguro residencial com cobertura para danos elétricos pode ser acionado para cobrir os prejuízos. No caso de queda de energia, a responsabilidade deve ser da concessionária de energia elétrica

“Ela deverá encaminhar o equipamento para o conserto ou indenizar o consumidor, dependendo do caso”, afirma o advogado.

Mas vale uma dica para evitar esse tipo de dor de cabeça: se você já viu na previsão do tempo que vai chover forte ou vai viajar, tire os aparelhos da tomada e desconecte os cabos de internet e as antenas de tv. Assim, pode se prevenir também contra acidentes domésticos, como um curto circuito durante um temporal.

E um detalhe. Mesmo se o aparelho for novo e ainda estiver na garantia, o consumidor não terá direito à troca.

“A garantia cobre somente defeitos de fabricação e não a ocorrência de tempestades ou mau uso do consumidor”, esclarece.

Postes e muros também não resistem aos temporais

Você decidiu então não estacionar mais perto de árvores, já que elas podem tombar com a força do vento. Mas parar perto de muros e postes também não é uma boa opção. Em um temporal eles também podem cair e danificar seu carro ou mesmo sua casa.

No caso de poste é mais fácil. A responsabilidade é da concessionária de energia. Ela dever arcar com o prejuízo do consumidor.

No caso de muros, a primeira coisa a saber é de quem é o muro. Se for seu mesmo, o prejuízo fica com você, não tem jeito. Se for do vizinho, ele deve providenciar o conserto, segundo Alexandre Kyk. Seja ele morador, uma empresa ou escola.

Para a reclamação o caminho é o seguinte: primeiro o consumidor deve registrar um protocolo de reclamação na concessionária de energia elétrica, seguradora ou órgão responsável em cadastrar o que aconteceu (DAE, Prefeitura ou Defesa Civil). Depois, pode abrir um boletim de ocorrência na delegacia. Caso o consumidor não consiga fazer um acordo, vale procurar o Procon da cidade para ajudar no pedido de reparação









Voltar


 
















Notícias
Descalvado
Câmara Municipal
Esporte
Notas Policiais
Região
Brasil e Mundo
Geral
Música
Fotos
Canais
Conheça Nossa Cidade
Boca no Trombone
Horóscopo do Dia
Previsão do Tempo
Guia Rodoviário
Política Agora
Blogs e Colunas
Cozinhando com Aline
Marcos Felipe Chiaretto
Mexa-se
Utilidade Pública
Farmácia de Plantão
Balcão de Empregos
Notas de Falecimento
Guia Comercial
Consulte Multas
Interativo
Fale Conosco
Sugestão de Matérias
Anuncie no Descalvado Agora
Empregos
Fale Conosco
Descalvado Agora 2009-2018 - Todos os direitos reservados